Estudante fica com ferimentos graves após namorado ciumento enfiar dedos em sua garganta e arrancar parte de sua carne ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Estudante fica com ferimentos graves após namorado ciumento enfiar dedos em sua garganta e arrancar parte de sua carne


image

Uma estudante que foi agredida várias vezes por seu namorado ciumento sofreu um ferimento no grave próximo à sua garganta, após o rapaz enfiar os dedos com brutalidade dentro de sua boca.Kate Friday, de 20 anos, que estudava na “Liverpool Hope University”, Reino Unido, conheceu Kyle Newby, de 21, em fevereiro de 2014, em um site de relacionamentos na internet.
Eles começaram um relacionamento amoroso e ela descrevia Kyle como “o namorado perfeito”, até que ele passou a se tonar controlador, proibindo-a de se relacionar com amigos, familiares e até mesmo de usar determinados tipos de roupasimageKate Friday, de 20 anos, estudante da “Liverpool Hope University”, Reino Unido, foi agredida por seu namorado ciumento e acabou com um ferimento em sua boca.


Kyle chegou a enviar mensagens de texto para Kate querendo saber onde ela estava, além de várias mensagens ofensivas.Em uma ocasião, ele até mesmo mordeu o nariz dela, pedindo desculpas algum tempo depois.


O envolvimento durou poucos meses e, ao suspeitar que estivesse sendo traída, ela resolveu conversar com o parceiro no campus da universidade.


imageEle, então, bateu em sua cabeça e ela começou a gritar. Kyle colocou os dedos dentro de sua boca a fim de impedir que ela chamasse atenção de outras pessoas, embora essa não fosse intenção de Kate.


A força foi tamanha que feriu a parte superior da boca da jovem, arrancando parte da carne próxima à garganta.
Kate Friday, de 20 anos.


A menina saiu e foi atendida por uma ambulância, chamada por pessoas que a viram sangrando.


Kyle foi poupado da prisão depois de admitir o assédio e a violência no mês passado, mas condenado a participar de um programa de violência doméstica, além de receber uma ordem de restrição de cinco anos. Ele também terá que realizar trabalho não remunerado.


Falando de sua experiência chocante, ela relatou que demorou a perceber que a relação não era saudável, e agora que que sua história sirva para que outras vítimas de violência doméstica não passem pelo mesmo que ela.




Timbauba Noticias








←  Anterior Proxima  → Página inicial