Popularidade de Dilma despenca no NE e rejeição atinge 78,8%, diz pesquisa CNT/MDA ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

quarta-feira, 22 de julho de 2015

Popularidade de Dilma despenca no NE e rejeição atinge 78,8%, diz pesquisa CNT/MDA




O Nordeste ainda é a região onde a aprovação da presidente Dilma Rousseff (PT) atinge os melhores índices em comparação com outras localidades do País. Porém, o cenário vem se invertendo e a aceitação da gestora vem despencando.

A pesquisa mais recente, divulgada nessa terça-feira (21) pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT/MDA), revelou que apenas 17,7% dos entrevistados no Nordeste aprovam o desempenho pessoal de Dilma à frente do governo, enquanto outros 78,8% se dizem insatisfeitos com a gestão. O levantamento anterior, divulgado em março, trazia que a aprovação do governo era 27,1%, enquanto a rejeição atingia 69,2%.

De acordo com a sondagem, a avaliação positiva do governo – ótima e boa – caiu de 16,3% para 8,2% de março para julho, no Nordeste. Já a negativa – ruim ou péssimo – atingiu 69,7%. No âmbito nacional, o percentual negativo alcançou 70, 9%.
No Sul e Sudeste, os índices de insatisfação superam os 80%, enquanto no Centro-Oeste e Norte o percentual é de 74,4%.
O desempenho pífio pode ser justificado pelo agravamento da crise político-econômica no País e o desgaste da relação do governo com o Congresso Nacional.



Aprovação do governo Dilma por região.
De olho na insatisfação dos eleitores no principal reduto eleitoral do País, o PT já fez um movimento para recuperar a popularidade da presidente no Nordeste. Nas próximas semanas, Dilma pretende concentrar a agenda na região onde foi a mais votada. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva também planeja percorrer a região, separadamente.

O roteiro traçado para Dilma prevê a visita a cinco estados até o mês que vem: Piauí, Ceará, Pernambuco, Bahia e Maranhão.
Em encontro recente com a correligionária, Lula defendeu que Dilma viaje pelo País, assim como seus ministros, para inaugurar obras, lançar programas e divulgar uma “agenda positiva”. O ex-presidente também aconselhou Dilma a se reaproximar dos movimentos sociais.




Casinhas PE






←  Anterior Proxima  → Página inicial