Vídeo: Mãe agride criança e revolta a população ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

sábado, 18 de julho de 2015

Vídeo: Mãe agride criança e revolta a população




Uma mulher identificada como Sonia de Jesus Barbosa, 18 anos, foi conduzida na última quarta-feira (8) para delegacia do município de Tucano, no Nordeste da Bahia, após ser denunciada por vizinhos e parentes como suspeita de agressão e maus tratos ao filho, um bebê de um ano e meio. De acordo com informações de familiares que não quiseram ser identificados, desde quando a criança nasceu, é agredida pela mãe. Ainda segundo parentes da jovem, Davi não anda, tem dificuldade de se comunicar, chora muito e vive amedrontado.


O caso foi registrado na delegacia da cidade. Parentes de Sonia denunciaram o caso ao Conselho Tutelar da cidade, que encaminhou um relatório ao Ministério Público. Um vídeo em que o bebê chora deitada no chão de uma casa, no povoado de Rua Nova, distrito de Tucano, e em seguida é sacolejada por Sonia, se espalhou por redes sociais na cidade, deixando a população chocada e revoltada.


O caso foi parar na comarca da cidade, mas Sonia foi liberada e o bebê foi devolvido a ela. Moradores disseram que o juiz responsável, Paulo Ramalho, não considerou as imagens suficientes para prisão da suspeita e afastamento da criança da mãe. A população da cidade ficou indignada com a decisão da Justiça. “Eles vão esperar ela matar a criança para ter provas suficientes?”, disse uma das vizinhas.


Segundo declaração de um dos familiares de Sonia – que não quis ser identificado – á reportagem do Bocão News, os parentes tentam ter a guarda da criança para cuidar, mas ela fica agressiva e chegou a bater em um irmão. “Ela agride o bebê, usa drogas e bebidas alcoólicas. Ela golpeou o irmão com uma faca, porque ele a agrediu, após ela agredir a criança”, relatou uma das pessoas da família, que completou.  “Ela fica com a criança na rua até altas horas da noite. Já tomei Davi do colo dela duas da manhã”, relata.


Em contato com a reportagem do Bocão News, o delegado titular de Tucano, Paulo Oliveira, informou que o inquérito está em andamento e que teve acesso ao vídeo, porém, a as imagens não são suficientes para configurar agressão à criança. A maior preocupação, segundo Paulo Oliveira, é garantir a segurança de Davi.
“O vídeo não é recente e não é específico sobre a agressão. Existe um inquérito em andamento. Estamos levantando todas as informações com familiares, vizinhos, para saber se os maus tratos procedem. Um relatório do Conselho Tutelar, foi entregue ao Ministério Público. O que queremos imediatamente é assegurar a integridade da criança. Retirá-la da situação de risco, até que seja verificado se a mãe cuida do seu filho de forma correta”, explica o titular da DP.


Ainda segundo o delegado, em depoimento, Sonia disse que só tratou o filho de forma brusca, “por que o bebê é manhosos e a deixou nervosa e negou agredir o filho. Sobre as acusações de ficar em bares com a criança, ela disse que entrou apenas uma vez para pedir água.


A reportagem tentou contato com o secretário de Desenvolvimento Social de Tucano, José Nailton – que é responsável pelo Conselho Tutelar – mas não teve as ligações atendidas ou retornadas. Na tarde desta segunda-feira, a equipe do site tentou contato também com o fórum da cidade, com o objetivo de falar com o juiz Paulo Ramalho, mas um segurança atendeu a ligação informando que o expediente encerra às 14 horas.


O vídeo teria sido feito por uma pessoa da família de Sonia, que reprova a atitude da jovem.






VÍDEO






Timbauba Noticias/Bocão News








←  Anterior Proxima  → Página inicial