Cabo do exército tira foto beijando outro homem e imagem gera polêmica nas redes ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

domingo, 16 de agosto de 2015

Cabo do exército tira foto beijando outro homem e imagem gera polêmica nas redes




A postagem no facebook de uma foto mostrando o beijo gay entre um cabo do Exército brasileiro e um homem, enquanto o militar ainda usava a farda da corporação criou polêmica na web. De acordo com matéria publicada pelo site pheeno.com, uma enxurrada de comentários reprovando o ato foi publicada, entre eles, do sargento Valmir Selva, de Foz do Iguaçu, que foi considerado como homofóbico.


O sargento pediu que outros membros do Exército repudiassem o ato. Ele começou com a frase: “Completamente indignado”. Leia a postagem do sargento. “Um cabo do Exército do 12º GAC, que está sediado em Jundiaí (SP), tirar uma foto fardado cometendo ato libidinoso e depois vai dizer que é direito dos LGBT e GLS. Para o inferno F.D.P. quer fazer self seu viado, tira a gloriosa farda que tanto amo; e respeito. Vamos divulgar e botar este verme no lugar que ele merece”.


Ainda de acordo com a matéria do site pheeno, nos comentários da foto que, apesar de compartilhada em modo publico, só permite que os amigos de quem postou comente a imagem, é possível ver a enxurrada de reprovação ao beijo gay! Confira algumas das repostas, da forma em que foram publicadas!“E muito vergonhoso essas criaturas que deus tenha misericordia deles”


“Isso é baixaria, infelizmente o mundo está sendo dominado por esses tipos de gente, não tem geito, é questão de tempo pra está tudo dominado, aí vai começar a guerra!”


“É Abominação,,,em nome da Pátria e Força terrestre do Brasil tirem esse Lixo…”
“espero uma atitude dos superiores, ou vai ficar assim mesmo”


“Nossa como pode não honrar a farda que veste , querer ter seu macho problema dele agora envergonha toda uma corporação e inadmissível!!!”
“Não mais nessa conjuntura que vivemos, pois sou militar, e ao dar uma beijo na esposa, estando eu fardado e fora do quartel, não há problemas, portanto, invocarão (soldados) o princípio da isonomia, a justiça reconhece esse direito para eles”.

001 (8)


Timbauba Noticias






←  Anterior Proxima  → Página inicial