CELPE apresenta volume de investimentos em 2015, R$ 500 milhões ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

CELPE apresenta volume de investimentos em 2015, R$ 500 milhões


Reforço na rede



De acordo com o comunicado divulgado nesta quinta-feira, a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) estima realizar até o final de 2015 um investimento  recorde  no  sistema  de  distribuição  de  energia elétrica  do  Estado.


A empresa do Grupo Neoenergia  aplicará,  ao  longo  do  ano,  cerca  de  R$  505  milhões destinados, principalmente, a obras de ampliação de rede, construção de subestações, manutenção, automação e  modernização  do  parque  elétrico.  Até  o  último mês  julho  já  foram  aportados  R$  255  milhões  em  novas ligações, expansão da rede e melhorias do sistema.

O investimento será distribuído em toda a área de concessão da Celpe. A maior parcela, cerca de e R$ 200 milhões, será aplicada no Recife e parte da região metropolitana. A região da Zona da Mata receberá R$ 83 milhões. No Agreste, serão investidos R$116 milhões e para o Sertão estão  previstos  R$ 106 milhões.

As ações de manutenção, melhoramento  e  modernização  do  sistema  irão  receber  um
aporte  financeiro  de  R$186 milhões. No decorrer do ano, serão substituídos 540 quilômetros de fiação convencional por rede protegida ou isolada, minimizando interrupções no fornecimento por contato da vegetação urbana na fiação.

De acordo com o comunicado, o plano de  investimentos prevê,  ainda,  a  ampliação  da  automação  da  rede  de  distribuição  por  meio  da instalação  e ativação  de 380 chaves   automatizadas.  “Os  equipamentos de  proteção  são controlados remotamente pelo Centro de Operação Integrada da Celpe, o que evita deslocamento de equipes de prontidão e assegura maior agilidade no processo de recomposição do sistema.Entre  as  obras  de  maior  porte,  em  2015,  estão  as  instalações  de  quatro  novas  subestações”, conforme a empresa.

No Recife, será iniciada a construção da Subestação Setúbal, na Zona Sul da capital. Em Vertentes, no Agreste, será concluída a construção  da  Subestação  Vertentes.  No  Sertão  Central  e  na  Região  do  Araripe,  serão  concluídas  as  obras  de construção  das  Subestações  de  Serrita  e  de  Santa  Cruz  respectivamente,  cuja  conclusão  será  no  terceiro trimestre deste ano. Até o final de 2016, a Celpe irá instalar um total de 13 subestações, cinco no Grande Recife e oito no interior do Estado.

A  expansão  do  sistema  elétrico  consumirá  recursos  superiores  a  R$  66  milhões.  Além  das  subestações,  o investimento  também  será  destinado  à  construção  e  finalização  de  cerca  de  150  quilômetros  de  linhas  de transmissão que serão responsáveis pelo aumento da oferta de energia elétrica em todas as regiões.
Destaque para três linhas em 69 kV: Toritama/Vertentes, que irá atender a  nova Subestação de Vertentes e São Caetano/Campos  que  está  sendo  construída  para  reforçar  o  suprimento  na  região  do  Agreste.  A  linha Condado/Timbaúba,  inaugurada  no  fim  de  julho,  possibilitou  o  aumento  na  capacidade  de  transmissão energética  para  a  Zona  da  Mata  Norte  do  Estado.

Outras  duas  linhas,  em  138  kV,  estão  sendo  instaladas  no sertão. Ouricuri/Santa Cruz, que irá atender a nova Subestação de Santa Cruz e Salgueiro/Serrita, que atenderá a nova Subestação de Serrita.

As ações projetadas para 2015 incluem, ainda, a ligação de aproximadamente 132 mil novos clientes à rede de distribuição da Celpe no perímetro urbano e na zona rural do Estado. As novas ligações demandarão recursos na  ordem  de  R$  142  milhões.  Serão  empregados  também  R$  20 milhões  no  desenvolvimento  e  sistemas  de informática,  em  sistemas  de  telecomunicações,  aquisição  de  veículos  e  outras  ações  que  dão  suporte  à distribuição de energia.


Clandestinos


O  plano  de  combate  às  fraudes  e  ligações  clandestinas  deve  consumir  R$  100
milhões  ao longo  deste  ano.  Os  recursos  estão  sendo  destinados  à  realização  de  inspeções  de  130  mil  unidades consumidoras, com a finalidade de identificar e coibir a prática ilegal. O aporte financeiro também será aplicado na  regularização  de  10  mil  consumidores  clandestinos  e  instalação  de  134  quilômetros  de  rede  blindada  na região  metropolitana.  Preventivamente,  outros  R$  12  milhões  serão  aplicados  na  realização  do  controle  da vegetação situada próxima à rede de distribuição de energia do Estado.




Timbauba Noticias






←  Anterior Proxima  → Página inicial