Delegado da Polícia Federal reage a assalto e fere bandido na Cidade Universitária ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

domingo, 2 de agosto de 2015

Delegado da Polícia Federal reage a assalto e fere bandido na Cidade Universitária


Criminoso foi atendido em uma unidade de saúde e encaminhado ao Cotel, em Abreu e Lima





Um delegado da Polícia Federal reagiu a um assalto, às 13h da última sexta-feira, e feriu um bandido, na Cidade Universitária, Zona Oeste do Recife. Segundo informações da assessoria de comunicação da PF, o delegado, que não teve o nome divulgado e é lotado na cidade de Salgueiro, no Sertão, foi abordado por pelo menos dois suspeitos, onde o primeiro investiu contra a autoridade policial e o segundo (ainda foragido) estava a uma certa distância dando cobertura no interior de um veículo Celta, de cor cinza e placa ainda não identificada.


O delegado, acompanhado de sua namorada, ao estacionar seu veículo, um modelo Amarok, de cor branca, em frente a um prédio, foi surpreendido por um assaltante, identificado por Maxwell Fernando dos Santos, 21 anos. O suspeito já foi preso por duas vezes em flagrante, na primeira por tráfico de drogas, antes do carnaval de 2012, e na segunda quando roubou um carro, junto com um menor, antes do carnaval de 2014. 
Na tentativa de assalto, o suspeito apontou um revólver calibre 32 em direção ao policial que estava dentro do veículo, ordenando que ele e sua namorada descessem do carro deixando todos os seus pertences dentro da viatura (carteiras, dinheiro, documentos e celulares). Depois, tentou revistar o corpo do delegado, mas não identificou a arma que estava na sua cintura (uma pistola glock, calibre 9mm).

 
De acordo com a assessoria da PF, quando o assaltante sentou-se no banco do motorista, o delegado sacou sua arma dando voz de comando “polícia mãos na cabeça”. No entanto, a ordem não foi obedecida, o bandido apontou sua arma em direção ao policial e este revidou, disparando vários tiros em direção à viatura que já estava em movimento para empreender fuga, parando mais na frente em virtude de ter colidido com outro veículo. O assaltante fugiu à pé e depois foi resgatado pelo veículo Celta que estava sendo dirigido por seu comparsa.
Pouco tempo depois, a Polícia Militar descobriu que o assaltante estaria sendo atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro dos Torrões com ferimentos de arma de fogo, sendo transferido para o Hospital Getúlio Vargas (HGV), onde se submeteu a uma intervenção cirúrgica ficando fora de perigo de morte e escoltado por policiais federais e militares até receber alta médica.


Ao sair do hospital, ontem, por volta das 11h, foi levado até a sede da Polícia Federal onde foi autuado pelo crimes contidos no artigo 157, §2º, incisos I e II e artigo 16, paragrafo único, inciso I da Lei 10.826/03 - (roubo qualificado com concurso de pessoas, usando de grave violência e com emprego de arma de fogo e porte ilegal de arma de fogo de calibre permitido). Caso seja condenado poderá pegar penas que somadas ultrapassam os 20 anos de reclusão. Após exame de Corpo de Delito Instituto de Medicina Legal (IML), o preso foi conduzido para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, onde ficará a disposição da Justiça.


A Polícia Federal empreendeu diligências na tentativa de localizar o segundo assaltante, sem êxito. As investigações continuarão visando identificar e prender o segundo assaltante. Após perícia realizada no veículo, o preso foi identificado criminalmente por estar sem nenhum documento que possibilitasse sua identificação e com ele foi apreendido um aparelho para neutralizar o sinal de GPS afim de que não fosse localizado e rastreado pela empresa que presta este tipo de serviço. Em seu interrogatório, Maxwell informou que é acostumado a fazer assaltos desse tipo e que comprou tanto a arma quanto o bloqueador de sinal GPS na feira de Peixinhos, em Olinda, por R$ 450 e 800 respectivamente. 






Diario de Pernambuco




←  Anterior Proxima  → Página inicial