PERIGO EM CASA: MENINA DE 8 ANOS SOBE EM VASO SANITÁRIO, ESCORREGA E MORRE ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

domingo, 4 de outubro de 2015

PERIGO EM CASA: MENINA DE 8 ANOS SOBE EM VASO SANITÁRIO, ESCORREGA E MORRE





Uma garota de oito anos morreu, na noite desta quinta-feira (1º), após subir no vaso sanitário do banheiro, o objeto quebrar e acabar provocando um corte profundo em sua perna, na cidade de Bom Despacho, na região Centro-Oeste do Estado. 


Maria Eduarda Rodrigues de Araújo estava na casa de vizinhos a pedidos dos seus pais quando, por volta das 20h30, foi em sua casa para tomar banho. De acordo com o perito da Polícia Civil Experidião Porto, não se sabe exatamente porque da criança subir no vaso. “Mas ele tombou, quebrou e formou uma ponta cortante, quase uma lança. Ela caiu com a virilha nessa ponta e acertou a artéria femoral”, contou.


A menina foi levada às pressas ao Pronto-Atendimento de Bom Despacho, porém, acabou não resistindo aos ferimentos. “Quando corta a artéria vaza muito sangue. Provavelmente ela morreu por consequência da hemorragia que sofreu”, detalhou.


O perito contou também que chegou ao local do acidente instantes depois do ocorrido. “Assim que ela morreu fomos acionados até a casa para fazermos os levantamentos iniciais. Tinha muito sangue na casa. Saíram com ela correndo e, quando eu cheguei, o chuveiro ainda estava ligado”, detalhou.


Velório


Maria Eduarda foi enterrada na tarde desta sexta-feira (2) no cemitério do município. O velório aconteceu em uma igreja do bairro em que a família vive, Rosário II. O perito Experidião Porto esteve no local e conversou com o pai da criança, que contou que ele e a mãe estão desempregados e trabalham atualmente recolhendo materiais reciclados.


“Muito doloroso né, não tenho nem palavras. Quem me conhece sabe da luta na rua para não faltar nada para eles. Muito amor mesmo para ter o prazer de ver eles feliz com o meu carrinho. Todo dia ela falava ‘pai, trouxe um iogurte’, e agora acabou”, lamentou, aos prantos, o pai da garota.




Blog do Carlos Araujo








←  Anterior Proxima  → Página inicial