R$ 99 milhões serão usados na implantação de esgotamento sanitário em Timbaúba ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

R$ 99 milhões serão usados na implantação de esgotamento sanitário em Timbaúba


Gov. Paulo Câmara assinando o convênio



O governador Paulo Câmara assinou, nesta quarta-feira (14), um convênio com a Caixa Econômica Federal (CEF) para a implantação e ampliação de sistemas de esgotamento sanitário nos municípios de Timbaúba (Mata Norte) e Arcoverde (Sertão do Moxotó). O repasse para realização das intervenções totaliza R$ 191 milhões. Juntos, os dois equipamentos vão beneficiar diretamente 130 mil pessoas. A expectativa é iniciar as obras dentro de quatro meses, período estimado para realização dos processos de licitação.

O contrato para realização da obra em Arcoverde prevê a implantação da segunda etapa do sistema de esgotamento sanitário da cidade. Orçada em R$ 92 milhões, quando estiver concluída, a intervenção vai beneficiar cerca 62 mil habitantes. O equipamento contará com 113,8 quilômetros de rede coletora, cinco estações elevatórias e 12,5 quilômetros de emissários. Também será feita uma estação elevatória de recirculação do lodo proveniente do esgoto.

Já em Timbaúba haverá a ampliação do sistema já existente, que vai beneficiar cerca de 68 mil habitantes. Com investimento de R$ 99 milhões, o equipamento contará com 127,6 quilômetros de ramais de calçada, além de 59,9 quilômetros de rede coletora, 9,8 quilômetros de emissários, 20 estações elevatórias e uma Estação de Tratamento de Esgoto (ETE).

“Teremos a oportunidade de avançar muito em Arcoverde, chegando quase a totalidade das residências com saneamento básico, assim como em Timbaúba. E, ao mesmo tempo, trabalhar junto com a Compesa, em parceria com a Caixa Econômica, para fazermos com que o saneamento básico seja uma realidade em todos os nossos municípios e distritos. É uma questão de saúde pública, de atenção à população, de higiene e de busca das pessoas terem condições dignas de morar, trabalhar e serem felizes nas suas cidades”, pontuou Paulo Câmara.

Para o presidente da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Roberto Tavares, as duas obras são fundamentais para a saúde e o meio ambiente. “Quando investimos em esgoto, estamos cuidando da saúde das pessoas e ainda preservando o meio ambiente. É sempre uma equação que vale a pena”, ressaltou.

A assinatura do convênio contou com as presenças do vice-presidente de Governo da Caixa, Paulo Galli, do superintendente regional da Caixa, Paulo Nery, dos prefeitos Júnior Rodrigues (Timbaúba) e Madalena Brito (Arcoverde), bem como dos deputados estaduais Guilherme Uchoa, Waldemar Borges, Aluísio Lessa, Ângelo Ferreira, Eduíno Brito, João Eudes e Odacy Amorim, entre outras autoridades.




G.M.N






←  Anterior Proxima  → Página inicial