No primeiro mês, aplicativo do Bolsa Família é baixado por quase 260 mil ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

No primeiro mês, aplicativo do Bolsa Família é baixado por quase 260 mil



image

Um mês depois do lançamento, o aplicativo do Bolsa Família já foi baixado por 257,7 mil pessoas, segundo os dados mais atuais da Caixa Econômica Federal. Desse total, 94,4% dos downloads foram feitos em celulares Android, 4% em Windows Phone e 2,5% em iOS (Apple).


A Caixa afirma que gastou R$ 160 mil no desenvolvimento do aplicativo. A ferramenta, segundo o banco estatal, é usada como uma alternativa de comunicação oficial entre a instituição e o beneficiário do programa de transferência de renda, que completou 12 anos.


Quase 14 milhões de famílias brasileiras são atendidas pelo programa, que tem entre os objetivos combater a fome e a pobreza e garantir o acesso à saúde e à educação. De acordo com as regras, só podem receber famílias em situação de extrema pobreza (que têm renda mensal de até R$ 77 por pessoa) ou pobreza (renda mensal de até R$ 154 por pessoa). As famílias pobres só participam do programa se algum dos membros estiver grávida ou for adolescente de até 17 anos. O benefício máximo pago a uma família é de R$ 336 por mês. A Caixa ressalta que entre os 20% mais pobres da população do País, 82,6% dos domicílios têm celular, de acordo com dados do IBGE. Os smartphones correspondem, atualmente, a 93% do total dos celulares, segundo a pesquisa realizada pelo IDC Brasil.


O banco diz, porém, que o download não é necessariamente feito apenas pelos beneficiários do programa. Para quem não recebe o Bolsa Família – e não tem o número do cartão – é possível conferir o calendário de pagamento e informações sobre o benefício. Segundo a Caixa, são mais de 15 mil gestores municipais espalhados pelo País que podem ter baixado o app também.


A Caixa desenvolveu o aplicativo com base em outro diagnóstico: todo mês, recebe ligações de 2,8 milhões de beneficiários do programa com dúvidas. Dessas, 83% são feitas por meio de celular. A principal dúvida, quase sempre, é a data exata do pagamento, que é feito nos últimos e primeiros dias úteis do mês dependendo do número do cartão. O governo ainda mantém outras formas de se comunicar com os beneficiários, como o 0800, site e 65,7 mil pontos de atendimento, o que inclui Lotéricas, Caixa Aqui e agências do banco estatal.




G.M.N




←  Anterior Proxima  → Página inicial