Igarassu terá nova fábrica de bebidas, com investimentos de R$ 118 milhões ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Igarassu terá nova fábrica de bebidas, com investimentos de R$ 118 milhões



DSC08529



O Conselho Estadual de Políticas Industrial, Comercial e de Serviços (Condic) realizou sua última reunião do ano para analisar e aprovar a concessão de incentivos fiscais para empreendimentos interessados em se implantar ou ampliar suas atividades em Pernambuco.

O maior empreendimento beneficiado com incentivos foi a IBBEB Indústria Brasileira de Bebidas Ltda, que terá a implantação em Igarassu, com investimentos de R$ 118,4 milhões. A empresa promete criar 225 novos empregos.

Depois vem a Refrigeração Dufrio Comércio de Bebidas, cuja ampliação será Recife, com R$ 20,9 milhões, além da empresa Pro Higiene do Brasil, com implantação prevista para Vitória de Santo Antão, com investimentos de R$ 18,5 milhões.

O secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Thiago Norões, afirmou que a crise não atrapalhou a atração de novos investimentos.

“Apesar da crise, esta última reunião de 2015 é a melhor do ano. Do total de investimentos, R$ 308 milhões estão destinados à RMR e R$ 312 milhões para o interior. Esta tendência vem sendo revelada ao longo dos anos e foi permitida graças à política de interiorização do desenvolvimento adotada ainda no início da gestão Eduardo Campo/João Lyra.”, destacou
De acordo com o governo Paulo Câmara, os investimentos projetam a geração de 1.595 postos de trabalho, dos quais 677 estarão sediados no interior do Estado e 918 na Região Metropolitana do Recife.

Ao todo, 20 municípios foram contemplados, sendo oito na RMR e doze no interior. E são eles: Recife, Jaboatão do Guararapes, São Lourenço da Mata, Itapissuma, Cabo de Santo Agostinho, Paulista, Moreno, Igarassu, Serra Talhada, Goiana, Caruaru, Caetés, Santa Cruz do Capibaribe, Barra de Guabiraba, Petrolina, Pombos, Floresta, Nazaré da Mata, Vitória de Santo Antão e Bezerros.

Das doze Regiões de Desenvolvimento (RD) de Pernambuco, nove foram contempladas: RMR,Mata Norte, Mata Sul, Pajeú, Itaparica, Agreste Central, Agreste Setentrional, Agreste Meridional e São Francisco.

BALANÇO

Em nove anos, entre 2007 e 2015, através do Prodepe, foram atraídos 893 projetos industriais para todo o Estado com investimentos da ordem de R$ 20,4 bilhões e criação de 84 mil empregos diretos. Em 2015, através de 88 projetos, foram atraídos investimentos da ordem de R$ 620 milhões com expectativa de geração de 4.317 empregos.

O Programa de Desenvolvimento do Estado de Pernambuco (Prodepe) compreende um conjunto de incentivos fiscais direcionados para alguns setores da atividade econômica, entre os quais destacam-se: industrial, central de distribuição e importador atacadista. O pacote destina-se a atrair novos investimentos para Pernambuco e manter em seu território aqueles já existentes. O programa foi instituído pela Lei nº 11.675, de 11 de outubro de 1999, e regulamentado por meio do Dec. nº 21.959, de 27 de dezembro de 1999, e respectivas alterações. É um dos programas mais robustos do gênero, pela abrangência e escalonamento de percentuais em função da localização dos empreendimentos, e transparentes, por dar publicidade aos atos através de decretos específicos no Diário Oficial.

A Agência de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco (AD Diper) é ligada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (SDEC) e tem como missão apoiar o desenvolvimento econômico e social do Estado por meio de ações indutoras e do apoio aos setores industrial, agroindustrial, comercial, de serviços e de artesanato. Tem como desafio interiorizar o desenvolvimento, integrando o médio e pequeno produtor ao dinamismo econômico local.




Ne 10





←  Anterior Proxima  → Página inicial