Morre a atriz Marília Pêra, aos 72 anos ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

sábado, 5 de dezembro de 2015

Morre a atriz Marília Pêra, aos 72 anos


Um dos maiores nomes do teatro e da TV, atriz sofria de câncer nos ossos e no pulmão



RIO — A atriz Marília Pêra morreu às 6h deste sábado em sua casa, na Zona Sul do Rio, ao lado da família. Marília sofria de câncer nos ossos e no pulmão, doença que vinha combatendo havia dois anos. O velório está sendo realizado desde as 13h deste sábado, na sala que leva o nome da atriz, no Teatro Leblon, no Rio. O enterro está marcado para às 16h no Cemitério São João Batista, em Botafogo.


No meio de novembro, circulou a notícia de que atriz estava internada por conta de um câncer no pulmão em estágio avançado, motivando uma mensagem de Miguel Falabella, com quem trabalhou em "Pé na cova": "Por favor, não desista de nós". O filho da atriz, Ricardo, desmentiu sobre a internação.


Nos últimos tempos, Marília comandava os ensaios da peça "Depois do amor", de Fernando Duarte. Dirigido pela atriz, o espetáculo estava previsto para estrear no dia 7 de janeiro, no Rio. Ainda não há informações sobre o futuro da peça, estrelada por Danielle Winits e Carolina Ferraz.


Em entrevista ao GLOBO, em setembro, a atriz falou sobre outro problema de saúde que a afastou do set de gravações da série “Pé na Cova” por um ano, um desgaste ósseo na região lombar: “Jamais imaginei que isso fosse acontecer. Mas tenho 72 anos, sou ex-bailarina e ex-atleta, é normal. Não tive recomendação de cirurgia. Chega uma hora em que você tem que operar e botar uma prótese ou simplesmente parar e ficar quieta”.


Marília Marzullo Pêra, irmã da também atriz e ex-Frenética Sandra Pêra, foi um dos grandes nomes do teatro brasileiro nas últimas sete décadas. Seu pai, o português Manoel Pêra, era ator e tinha uma companhia teatral no Rio; a mãe, Dinorah Marzullo, era atriz. A avó, Antonia Marzullo, fez vários papéis no cinema. Nascida no Rio, em 22 de janeiro de 1943, estreou nos palcos com apenas 19 dias de vida, numa peça que precisava de um bebê.


Apesar da experiência familiar, enfrentou a resistência do pai não queria que ela seguisse a vida artística. Ela insistiu e entrou para o mundo da dança, onde foi atuante dos 14 aos 21 anos, quando participou dos populares espetáculos de revista. Após convencer o pai, conseguiu um papel em “De Cabral a JK”, de Max Nunes. Foi quando conheceu o ator Paulo Graça Mello, com quem se casou aos 16 anos.








O Globo







←  Anterior Proxima  → Página inicial