A Volta da Usina Cruangi movimentou R$ 42 milhões na Mata Norte ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

A Volta da Usina Cruangi movimentou R$ 42 milhões na Mata Norte


Nesta moagem, Cruangi produziu 213 milhões de litros do combustível, faturou R$ 42 milhões, empregou 400 funcionários na indústria e mais de 3,5 mil nos canaviais dos 800 fornecedores.




Apesar de ter que paralisar a produção de álcool dois meses antes do previsto em razão da escassez de cana devido a grave seca nesta safra, a reativação da usina Cruangi em Timbaúba trouxe positivos resultados econômicos e sociais para o município e mais cidades da Mata Norte de PE. De meados de setembro de 2015 ao início deste mês, a unidade produziu 213 milhões de litros do combustível, faturou R$ 42 milhões e empregou quase 400 funcionários na indústria e mais 3,5 mil nos canaviais dos 800 fornecedores de cana cooperados da usina.

Os números foram expostos pela Cooperativa/Cruangi nesta terça-feira (19), ao senador Fernando Bezerra Coelho, em visita ao parque fabril, que acompanhou os trabalhos de apontamento (revisão) para a próxima safra. O parlamentar estava acompanhado do deputado federal Marivaldo e do prefeito da cidade, Júnior Rodrigues – ambos, apoiadores da reativação.

“A Zona da Mata tem vocação canavieira e a volta de Cruangi depois de três safras, através do cooperativismo entre os fornecedores de cana da região, mostra que a manutenção da cultura da cana é fundamental para a empregabilidade da população e à distribuição de renda”, destacou Alexandre Andrade Lima, presidente da cooperativa/Cruangi, recebendo o aceno positivo dos políticos presentes. O senador, um dos defensores da iniciativa dos agricultores, gostou do que ouviu/viu e informou que vai continuar trabalhando em defesa da consolidação da unidade industrial, assim como tem feito com a usina Pumaty, na Mata Sul, reativada há duas safras por outra cooperativa de fornecedores de cana do Estado.


O deputado Marinaldo aproveitou para frisar a indispensável ajuda do governador Paulo Câmara para tornar possível a volta de Cruangi. Em 2015, o governador publicou um projeto de lei, reduzindo o ICMS do etanol produzido pela usina e em outras unidades geridas através do cooperativo de canavieiros. Lima agradece ao governador pela sanção do projeto após a aprovação da Assembleia Legislativa, sob a liderança do deputado estadual Aloísio Lessa. O dirigente também agradeceu ao deputado federal Marinaldo Rosendo pelo incentivo junto ao governador para publicar o referido projeto com posterior sanção, que, sem esta lei, a unidade industrial não teria condições de ser reativada.

Outra contribuição importante do Poder Público em torno da reativação de Cruangi, sendo que na esfera municipal, foi do prefeito de Timbaúba. O gestor editou um projeto de isenção fiscal relativo ao Imposto Sobre o Servido da usina. O projeto está tramitando na Câmara dos Vereadores.

Seca fecha mais usinas

Quatro das seis usinas da Mata Norte de Pernambuco tiveram que parar a moagem antes do previsto em razão da falta de cana devido a seca. A usina Cruangi foi uma das afetadas pela estiagem, fechando na semana passada. Antes dela, fecharam Santa Teresa, Laranjeiras e São José. Estão em atividade na região apenas a Olho D’água e a Petribú. A usina Cruangi, se não fosse a seca, iria esmagar 500 mil toneladas, mas, com tal cenário, moeu apenas 291 mi toneladas.



Timbauba Agora





←  Anterior Proxima  → Página inicial