Confusão na UPA de Nova Descoberta acaba com homem baleado e morto ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Confusão na UPA de Nova Descoberta acaba com homem baleado e morto


 

Confusão na UPA de Nova Descoberta acaba com homem baleado e morto


Sérgio Ferreira da Silva Júnior foi até a UPA levar seu filho de um ano que engoliu uma bola de ping-pong / Foto: Cortesia


Uma confusão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Descoberta, na Zona Norte do Recife, terminou com um homem morto na tarde desta terça-feira (26).

 Sérgio Ferreira da Silva Júnior, 20 anos, levou o filho de um ano à unidade e queria que ele fosse atendido prioritariamente. A criança havia engolido uma bola de ping-pong. De acordo com a UPA e com a Polícia Militar, como teve seu pedido negado, Sérgio teria brigado com funcionários do centro hospitalar e com policiais que faziam a segurança do local, tendo, inclusive, os ameaçado com uma arma de fogo.


“Depois que o Sérgio discutiu com o funcionário que fica na portaria da UPA e o ameaçou, dois policiais que estavam de serviço na unidade foram verificar o que estava acontecendo. Ao se aproximarem, os militares foram agredidos verbalmente e um deles chegou a ter contato físico com o homem, que fugiu em seguida”, afirmou o porta-voz da PMPE, major Júlio Aragão.


Ainda segundo Aragão, na fuga, Sérgio Ferreira chegou a roubar uma moto. “Quando ele correu, uma perseguição foi iniciada. Durante a fuga ele roubou uma moto e deu um tiro na mão esquerda do homem que a conduzia. 

Outros dois policiais à paisana passavam na área e auxiliaram os militares que estavam de serviço. Como o suspeito efetuou pelo menos três disparos contra os PMs, eles revidaram e acabaram o acertando”, concluiu. Sérgio chegou a ser socorrido e encaminhado à UPA, mas não resistiu aos ferimentos.


Familiares do suspeito, no entanto, contestam essa versão. A esposa de Sérgio, Stephanie Camila de Araújo, disse que o marido foi atingido por 16 disparos. “Eles deram 16 tiros no meu marido. Não queriam prestar socorro a ele. Além disso, disseram que ele estava armado, mas eu não vi arma nenhuma”, relatou a mulher.


O filho do casal foi transferido para o Hospital da Restauração, na área central do Recife, mas já recebeu alta. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.



Jc On Line





←  Anterior Proxima  → Página inicial