Agende seus pagamentos para evitar surpresas desagradáveis ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Agende seus pagamentos para evitar surpresas desagradáveis


 

Agências bancárias estarão fechadas, mas é fácil utilizar os canais eletrônicos das instituições financeiras. Expediente volta ao normal na quarta-feira, ao meio-dia




Chegou o carnaval 2016. Mas não é apenas a folia que interessa. Muita gente tem conta com vencimento entre os dias 6 e 9 deste mês, quando acontece o recesso bancário e os pagamentos precisam ser feitos. O ideal, sendo assim, é agilizar maneiras de quitar os débitos e não ficar à mercê de multas, juros e, em alguns casos, de ter o nome incluído nos serviços de proteção ao crédito. 


De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a orientação geral é programar o pagamento de suas contas antes do carnaval, ou seja, ainda dá tempo de agendar os pagamentos e sair para a folia sem preocupação. A orientação da federação não é por acaso, afinal, as agências bancárias estarão fechadas para atendimento ao público na segunda-feira (8) e na terça-feira (9). Já na quarta-feira de cinzas (10), os bancos abrirão ao meio-dia. A população pode utilizar todos os canais eletrônicos e correspondentes para o pagamento das contas, incluindo telefone e aplicativos instalados em smartphones.


“Os bancos possuem ferramentas que possibilitam ao cliente agendar pagamentos e acompanhar os lançamentos na conta-corrente pelo aplicativo do banco no celular”, explica o diretor-adjunto de operações da Febraban, Walter Tadeu Pinto de Faria. De acordo com Faria, os consumidores também podem agendar o pagamento das contas com código de barras nos próprios caixas eletrônicos, pelo serviço de internet banking e também através do atendimento telefônico do banco. Já os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos, segundo ele, poderão ser agendados ou pagos via Débito Direto Autorizado (DDA). 


Sobre as contas de consumo, a Febraban lembra que boletos como água, energia, telefone, entre outros, e carnês que tiverem vencimento nos dias 8 ou 9 de fevereiro poderão ser pagas no primeiro dia útil após o feriado, neste caso, a Quarta-feira de Cinzas (10), sem acréscimo de juros de mora ou multa. Normalmente, reforça a federação, os tributos já vêm com datas ajustadas ao calendário de feriados nacionais, estaduais e municipais. Mas é preciso ficar atento, pois se o consumidor não programar os pagamentos ficará sujeito ao acréscimo de juros de mora e multa.  


Os clientes que passarão a semana inteira viajando durante o período do carnaval e não dispensam a ida até a agência, para pagar os próprios boletos e sacar dinheiro, podem consultar o endereço de todos os bancos no site “Busca Banco” da Febraban. Basta acessar o link www.buscabanco.com.br, localizar o estado e a cidade do banco onde o correntista está e procurar as informações.
Confira abaixo os endereços eletrônicos (internet banking) dos principais bancos brasileiros:

 
Caixa Econômica 

Federal (http://www.caixa.gov.br/atendimento/internet-banking/Paginas/default.aspx)
Banco do Brasil (https://www30.bancobrasil.com.br/aai/)
Banco Bradesco (http://www.bradesco.com.br/html/classic/canais-digitais/internet-banking/)
Itaú Unibanco (https://www.itau.com.br/)
Banco Santander (https://www.santandernet.com.br/)
Banco HSBC (https://wwws3.hsbc.com.br/ITE/common/html/hsbc-online.shtml)
Banco do Nordeste (https://nel.bnb.gov.br/)


Juros


Um fator determinante para o consumidor se programar e pagar as contas no vencimento, mesmo durante o carnaval, são os juros cobrados pelas instituições financeiras. As taxas de juros do cheque especial, por exemplo, variam entre os bancos, como também os percentuais das administradoras de cartões de crédito. Em janeiro deste ano, a Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor de São Paulo (Procon-SP) identificou queda na taxa média de juros do cheque especial e do empréstimo pessoal em levantamento feito no dia 5 de janeiro.


Juros do cartão de crédito são uma armadilha, segundo especialistas, para quem usa a forma de pagamento durante o carnaval. Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Juros do cartão de crédito são uma armadilha, segundo especialistas, para quem usa a forma de pagamento durante o carnaval.
Nos sete bancos pesquisados, a taxa média para o cheque especial foi 12,52% ao mês (a.m.),  0,03 ponto percentual menor que no mês anterior, de 12,55% ao mês. Já no empréstimo pessoal, a taxa média de juros dos bancos pesquisados foi 6,37% a.m., inferior ao mês anterior, que foi 6,39% a.m., queda de 0,02 ponto percentual. A pesquisa inclui Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, HSBC, Itaú, Safra e Santander.


Mesmo com a redução, no valor médio das taxas de juros, o Procon alerta que o consumidor deve ficar atento e evitar gastos por impulso. “Os empréstimos devem ser evitados, pois o cenário geral econômico prevê períodos de inflação e consequente queda do poder aquisitivo”, informou a entidade. Opinião semelhante é do administrador e professor de direito tributário da Faculdade dos Guararapes (FG), Fábio Silveira. 
“Os juros cobrados pelos bancos são complexos e compostos, agregando muitas vezes serviços que o consumidor desconhece, como a taxa Selic e taxas de seguro por extravio ou perda, além das multas. Em muitas situações, a falta de planejamento contábil e financeiro leva o consumidor a uma margem elevada de endividamento, muitas vezes impagável. Neste período de carnaval, uma boa dica é não usar cartão de crédito”, alerta o docente. 


Segundo Silveira, outros dois fatores também ser levados em conta pelos correntistas. “A falta de pagamento das contas neste período de carnaval combina com dois vestígios comuns à população que não tem planejamento financeiro: o pagamento das contas do fim ano, como Natal, e as férias de janeiro, que geralmente quando pagas em cartão caem justamente no mês de fevereiro, período do carnaval. Há instituições financeiras cobrando juros de 800%, 700% ao ano, o que leva o cliente a um desespero quando consegue quitar as dívidas. Planejamento é essencial para evitar mais prejuízo após o carnaval”, pontua Silveira. 


Números


Das sete instituições financeiras que fazem parte da amostra do Procon, duas elevaram a taxa de juros do cheque especial e duas diminuíram. Em relação à taxa de empréstimo pessoal, uma elevou sua taxa e uma diminuiu. As demais taxas foram mantidas. 


Nos juros do cheque especial, de acordo com a pesquisa, foram registradas altas no Bradesco, que alterou de 11,92% para 12,30% a.m.; e no Safra, que mudou de 10,40% para 11,40% a.m. Já as quedas foram identificadas no Banco do Brasil, que alterou a taxa de 11,99% para 11,80% a.m.; e no Itaú, que baixou de 11,93% para 10,56% a.m. Os demais bancos mantiveram suas taxas. 

No empréstimo pessoal, o Procon identificou aumento na taxa de juros no Bradesco, que alterou o índice de 6,61% para 6,67% ao mês. O único banco que baixou essa taxa foi o Itaú, de 6,43% para 6,22% a.m. Os demais bancos mantiveram sua taxa de empréstimo pessoal. Caso o consumidor precise de crédito, o Procon aconselha a procurar as melhores taxas e negociar com a instituição financeira, especialmente quando for correntista do banco.



Diario de Pernambuco





←  Anterior Proxima  → Página inicial