Motorista do Rio Doce/CDU para ônibus ao ver que passageiros não deram lugar a deficiente ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Motorista do Rio Doce/CDU para ônibus ao ver que passageiros não deram lugar a deficiente


 

Apesar da bronca passageiros levaram a situação numa boa / Foto: Portal Ônibus Brasil

O episódio foi relatado através do Facebook e repercutiu bastante entre os internautas


Quem nunca presenciou uma daquelas cenas constrangedoras e, em alguns casos revoltantes, em que um deficiente físico ou um idoso está em pé no ônibus e ninguém levanta para dar o assento? Pois então, na manhã desta terça-feira (23) um motorista da linha Rio Doce/CDU resolveu fazer uma crítica dura aos mal educados quando um passageiro deficiente visual entrou no coletivo e ficou em pé, sem que ninguém desse o lugar: "Se ninguém der o lugar, ele vai sentar aqui e dirigir o ônibus".


O episódio foi relatado através do Facebook, pelo professor universitário Bruno Nogueira, do Departamento de Comunicação Social da Universidade Federal de Pernambuco (DCOM-UFPE): "Foi tudo muito rápido. Assim que ele (o motorista) terminou de falar, o senhor cego já havia sentado", disse Bruno.
Segundo ele, o deficiente visual também já tinha uma idade considerável, cerca de 55 anos.


Apesar de parecer bastante dura, Bruno relata que a maioria das pessoas que estavam no coletivo levou a "bronca" do motorista numa boa: "O ônibus estava muito lotado e foi tudo naquela parte da frente. Eu só vi porque ainda estava esperando meu troco para passar na catraca. Mas todo mundo riu bastante, na hora. O motorista ainda perguntou 'o senhor sabe dirigir?', o passageiro cego riu e disse que sabia. E o motorista disse "então pronto! já vai sentar aqui.'"


O passageiro, sentado depois de resolvida a situação, desceu quatro paradas depois. Ele estava sozinho e quem cedeu o lugar para ele foi um idoso que estava sentado, todos os lugares preferenciais na parte da frente do veículo já estavam ocupados. 


A publicação fez bastante sucesso na rede social, sendo curtida e compartilhada por centenas de pessoas em pouco tempo.


Jc ON Line





 
Legalmente, pessoas com deficiência física, idosos e gestantes têm direito a assentos preferenciais em cada veículo. Acontece que, quando todos eles estão ocupados, fica a critério dos demais passageiros agir de forma sensata, oferecendo o lugar a quem mais precisa.
DECISÃO POLÊMICA EM MANAUS - Ainda sobre o assunto, uma decisão polêmica entrou em discussão este ano na cidade de Manaus. Uma lei municipal que entrou em vigor no último dia 22 de Janeiro considera que todos os assentos dos ônibus são preferenciais.
O decreto da Lei Nº 2.094 alega que ela é de caráter educacional, sendo de obrigação dos usuários ceder os lugares para aquelas pessoas que se enquadram no perfil de "preferencial".


←  Anterior Proxima  → Página inicial