O fim do chip SIM está próximo: GSMA deve anunciar mudanças em breve ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

O fim do chip SIM está próximo: GSMA deve anunciar mudanças em breve



ASMA, organização responsável pela padronização das tecnologias de telecomunicações móveis em todo o mundo, deve anunciar na MWC 2016 que os famosos chips SIM vão desaparecer. Esses pequenos cartões que carregamos em nossos smartphones há cerca de duas décadas deixarão de existir em prol da economia de espaço em dispositivos pequenos e também em nome da conveniência do usuário.

O chip será substituído pelo que é conhecido atualmente como “eSIM” ou "SIM virtual", que já foi inclusive implementado pela Apple em alguns modelos de iPad.

 Com eles, a pessoa pode entrar na aplicação específica e escolher qual rede celular deseja utilizar, isso sem se preocupar em comprar chips físicos ou ir até uma loja para fazer qualquer configuração.

Esse novo padrão basicamente tornaria todas as redes de celular disponíveis para todos os clientes, que poderiam mudar de operadora com poucos toques na tela do smartphone ou tablet.


A questão do espaço

Além de ser conveniente para quem usufrui do serviço, o eSIM é interessante também para as fabricantes de aparelhos mobile. Com isso, elas conseguem economizar espaço interno em seu hardware, evitando a necessidade de criar gavetinhas difíceis de abrir para inserir os tais chips, que têm ficado cada vez mais difíceis de manejar, dado o tamanho reduzido.


Há também a questão dos aparelhos que fazem parte da internet das coisas. Atualmente, é muito inviável criar slots de cartões SIM em todo tipo de aparelho inteligente, ainda mais naqueles bem diminutos. Com o eSIM, as pessoas não precisariam comprar vários chips, mas apenas escolher qual operadora querem usar em simples menu de configurações.


Quando?


A GSMA deve anunciar um cronograma mais específico para a mudança começar a acontecer, mas, a partir da primeira metade de 2016, todos os novos aparelhos mobile que não são smartphones devem adotar o novo padrão. Isso quer dizer que tablets, smartwatches, carros conectados e aparelhos domésticos receberão a novidade primeiro, para incentivar o uso das redes 3G/4G neles.

Isso é interessante especialmente pelo fato de, segundo fontes da indústria, 80% de todos os tablets comercializado no mundo com rede celular só usarem o WiFi para navegar na internet. Ou seja, apenas 20% de quem compra um tablet com 3G/4G acaba colocando e usando um chip nele.

Na segunda metade de 2016, todos os novos smartphones fabricados pelas marcas do setor já devem começar a implantar o eSIM, o que forçará a adoção por parte das operadoras. Essas empresas, por sua vez, temem que o movimento em suas lojas pode cair drasticamente.




Baixaki




←  Anterior Proxima  → Página inicial