Loucura: Galaxy S7 Edge aparece no Ponto Frio por R$ 6 mil ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

sexta-feira, 4 de março de 2016

Loucura: Galaxy S7 Edge aparece no Ponto Frio por R$ 6 mil





 Ha pouco mais de uma semana, o TecMundo publicou com exclusividade os possíveis preços brasileiros dos novos Galaxy S7 e S7 Edgeda Samsung. Pouco depois, recebemos outro vazamento confirmando praticamente os mesmos valores: R$ 3,8 ou 3,9 mil para o S7 e R$ 4,3 mil para o S7 Edge. Contudo, esses dois smartphones apareceram hoje no Ponto Frio com preços muito diferentes.

O S7 Edge seria comercializado por nada menos que R$ 5.999, e o S7 comum ficaria na bagatela de R$ 4.999! Não é preciso dizer que, caso a loja pratique realmente esses preços completamente fora da realidade, haverá uma enxurrada de críticas, considerando que os valores da semana passada já eram altos o suficiente. Com seis mil reais, você pode comprar uma bela moto ou até mesmo um fusquinha!

Quem percebeu a presença desses dois smartphones no site do Ponto Frio foi nosso leitor Guilberthe Leal, que nos enviou um comunicado sobre o assunto. Contudo, nenhum dos modelos está à venda ainda, e os preços exorbitantes só aparecem quando você faz uma busca por “Galaxy S7” ou “Galaxy S7 Edge”.PreliminarOs valores ficam à mostra apenas nos resultados preliminares e, quando você entra na página de venda dos produtos, eles aparecem como indisponíveis para compra. Mesmo assim, praticamente todos os detalhes já estão especificados. É possível também deixar seu nome e email para ser avisado quando as vendas começarem.Falando em início das vendas, é muito provável que elas comecem já no próximo dia 11 deste mês, a sexta-feira da semana que vem. A Samsung ainda não confirmou o Brasil na lista do lançamento mundial que acontece nesse dia, mas, como os vazamentos têm acontecido com certa frequência por aqui, imaginamos que os aparelhos devam aparecer por nas lojas virtuais o quanto antes. Só esperamos que eles venham com os preços da semana passada, não esses valores superfaturados de hoje.



Tecmundo





←  Anterior Proxima  → Página inicial