Vivo chama cliente de chorona em fatura do celular ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Vivo chama cliente de chorona em fatura do celular


 


Consumidora diz que é a segunda vez só neste ano que operadora toma a atitude 



É preocupante saber que esta não é a primeira vez que um consumidor é ofendido por uma operadora de telefonia através da carta de cobrança da fatura. Neste caso, a vítima foi uma moradora do Espírito Santo, que recebeu, pela segunda vez só neste ano, uma fatura de celular com o nome “Sônia (Chorona) não devolver nada”.


A cliente, que há dois anos possui um número da Vivo, disse que a conta foi recebida em janeiro e fevereiro deste ano, após mudar de plano.


A Telefônica Vivo informou, por meio de nota, que repudia qualquer tratamento pejorativo ou preconceituoso com seus clientes. A empresa disse que realiza a averiguação dos fatos internamente, e se forem comprovadas irregularidades, os responsáveis serão punidos de acordo com as medidas administrativas cabíveis.


Problemas com sua operadora de celular? Reclame AQUI!


“Eu reclamo como todo mundo. Eu ligo quando tem algo de errado, mas isso não é motivo para colocarem um apelido em mim. Sou cliente e pago minhas contas direitinho”, comentou a cliente sobre o ocorrido.


Além do constrangimento, a consumidora falou que a situação também está atrapalhando sua vida. “Eu preciso fazer algum documento e não consigo, pois não tenho como apresentar comprovante de residência como 'Sônia Chorona'”, destacou.


Sônia afirma que ainda não reclamou sobre o ocorrido com a empresa, pois, da última vez que ligou, não gostou do jeito que foi tratada. “Guardei até o protocolo do último atendimento, mas agora já procurei um advogado e estou tomando as providências necessárias”, finalizou.


No Reclame AQUI


Vivo, assim como todas as outras operadoras do mercado, possui reputação “Não Recomendada” no Reclame AQUI. Considerando apenas os últimos 6 meses, a empresa recebeu mais de 40.600 reclamações, e nenhuma delas foi atendida. 




Reclama Aqui





←  Anterior Proxima  → Página inicial