Ex-ministro de Dilma, Fernando Bezerra Coelho diz que ela tentou mascarar contabilidade pública ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

quinta-feira, 12 de maio de 2016

Ex-ministro de Dilma, Fernando Bezerra Coelho diz que ela tentou mascarar contabilidade pública



Foto: Fotos Públicas


O senador pernambucano Fernando Bezerra Coelho (PSB) foi o quadragésimo sétimo senador a falar na sessão para votar a admissibilidade do processo de impeachment de Dilma Rousseff (PT), em posicionamento contra a presidente do qual foi aliado no primeiro mandato. Em seu discurso, o socialista afirmou que a petista, além de fazer “tentativa de mascarar a verdadeira conta do governo”, não tem habilidade política.
“A presidente da República fez exatamente o contrário do que impõe a legislação”, afirmou. Fernando Bezerra Coelho comentou as duas denúncias existentes contra Dilma: a das pedaladas fiscais e de abertura de créditos suplementares sem autorização prévia do Congresso Nacional. “O cenário daquela época (da abertura dos créditos suplementares) já era de clara e profunda frustração de receitas públicas”, frisou o socialista.“Evidenciamos que as operações de crédito da União com o Banco do Brasil, BNDES e a Caixa, além de ilegais, distorceram significativamente as estatísticas fiscais e o déficit público.”



O filho de Fernando Bezerra Coelho é cotado a assumir a Integração Nacional em eventual governo de Michel Temer, embora o PSB nacional tenha se posicionado contra a participação do partido na gestão do peemedebista. A mesma pasta, que está à frente de obras como a Transposição do Rio São Francisco, foi ocupada por ele no primeiro mandato de Dilma. O socialista foi o único pernambucano na Comissão Especial do Impeachment.


Antes de finalizar o discurso, Fernando Bezerra Coelho afirmou: “O País também precisa avançar para a superação do impasse político”. E acrescentou: “Algo que o atual governo já se mostrou incapaz de fazer.”




Blog do Jamildo




←  Anterior Proxima  → Página inicial