Santa Cruz é campeão do Pernambucano ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

domingo, 8 de maio de 2016

Santa Cruz é campeão do Pernambucano


Como valeu àquele gol do Santa Cruz, que rendeu o 1x0 no primeiro jogo deste decisivo Clássico das Multidões. Foi com ele embaixo do braço que os tricolores abdicaram de atacar o Sport. Aos rubro-negros, valeu apenas a luta em campo. Mas a desorganização tática na construção de jogadas acabou sendo o fator determinante para o 0x0, e o título do Campeonato Pernambucano, no estádio da Ilha do Retiro, ficou nas mãos corais. E que primeiro semestre perfeito foi o da equipe de Milton Mendes. Os campeões do nordeste são também os melhores do Estado.



Durante todo o primeiro tempo, o Sport chegou a atingir picos de 69% de posse de bola. Na Ilha do Retiro, o jogo foi comandado pelo Leão. Fato que não serve como crítica ao Santa Cruz. O resultado de 1x0 obtido na primeira partida dava a chance aos corais esperarem pelos adversários. Os tricolores queriam o contra-ataque, mas os rubro-negros não permitiram tal jogada. No jogo, a equipe de Milton Mendes não pode contar com João Paulo, peça fundamental para engatilhar a principal arma do time. Além disso, ainda na etapa inicial, Lelê teve de ser substituído por Wallyson – outra peça importante da engrenagem.

O jogo foi pegado. Assim como na primeira partida, os atletas do Sport não se fizeram de rogados e exageraram nas entradas duras. Os tricolores também contribuíram para a irritação rival, com a catimba natural naqueles que têm o resultado a seu favor. A força colocada na marcação também foi exibida pelos rubro-negros na criação de suas jogadas ofensivas. A equipe ainda tem um grave problema na transição para o ataque. As chances criadas não renderam a nenhuma grande defesa do goleiro Tiago Cardoso, por exemplo.

Pelo outro lado, Danilo Fernandes até chegou a ter de trabalhar mais decisivamente. No começo do primeiro tempo, uma cobrança de falta de Lelê fez o arqueiro leonino ter de ir até o ângulo pegar a bola. Na volta para o segundo tempo, também no início, os tricolores chegaram com Arthur. Mas dessa vez, o camisa 12, usou os olhos para afastar o perigo. A necessidade do gol fez o técnico Oswaldo de Oliveira mandar para campo o atacante Túlio de Melo. Das arquibancadas, o torcedor respondeu de forma positiva. Até que a primeira grande chance do jogo foi criada. Após jogada bem trabalhada, Everton Felipe saiu na cara de Tiago Cardoso e obrigou o goleiro a fazer a primeira boa defesa no jogo.

Com a relógio como adversário, o técnico Oswaldo de Oliveira resolveu ousar na busca pelo gol. O treinador mandou a campo Reinaldo Lenis na vaga do volante Luiz Antônio. O Sport passou a atacar com cinco atletas, e contou apenas com Rithely na proteção da zaga. A maior presença ofensiva ainda foi capaz de fazer Tiago Cardoso operar um de seus milagres, após cabeceio de Henriquez. O placar seguiu inalterado, e o Santa Cruz acabou campeão Pernambucano.

FICHA DE JOGO

SPORT 0

Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Renê; Rithely, Luiz Antônio (Reinaldo Lenis), Garbiel Xavier, Éverton Felipe (Matheus Feraz) e Mark González; Vinícius Araújo (Túlio de Melo). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

SANTA CRUZ 0

Tiago Cardoso; Vítor, Neris, Danny Morais e Tiago Costa; Wellington Cézar, Uillian Correia e Lelê (Wallyson); Keno (Alemão), Arthur e Grafite (Bruno Moraes). Técnico: Milton Mendes


Local: Ilha do Retiro.


Árbitro: Sebastião Rufino Filho.
Assistentes: Marcelino Castro e Marlon de Oliveira.
Cartões amarelos: Luiz Antônio, Túlio de Melo, Rithely (Sport); Lelê, Grafite (Santa Cruz).




Portal Timbauba noticias





←  Anterior Proxima  → Página inicial