Sede do DEM em Pernambuco também é pichada ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

terça-feira, 17 de maio de 2016

Sede do DEM em Pernambuco também é pichada


Partido do ministro Mendonça Filho foi alvo de vandalismo e amanheceu com inscrições de "golpistas"

Casarão foi alvo de vandalismo na noite deste domingo / Foto: Divulgação

Em Pernambuco, a oposição contra os partidos que votaram a favor do impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) cresce a cada dia. Na manhã desta segunda-feira (16), a sede de dois partidos que integram hoje o governo provisório do presidente Michel Temer (PMDB) amanheceram pichadas.

Tanto o diretório do PSDB quanto o do DEM foram alvos de vandalismo e os muros das casas amanheceram com mensagens como "golpistas" e "Fora, Temer". As duas legendas têm representantes na equipe ministerial de Temer: Bruno Araújo, na pasta das Cidades, e Mendonça Filho, na Educação.

Segundo a assessoria do Democratas, esta é a segunda vez que a sede, no Bairro da Boa Vista, área central do Recife é pichada. As inscrições nas paredes traziam frases como "golpistas" e "Fora, Temer".
  • Nas paredes do casarão, que abriga  o diretório do partido, havia antes grafitagens com mensagens de paz, respeito e diálogo, feitas no local pelo artista Nido, de Paulista. As pinturas foram cobertas pelos ataques. 
Em nota, a legenda afirmou que repudia as práticas anti-democráticas e criminosas e já encaminhou  o caso para ser  investigado pela Polícia Federal, que apura ainda a autoria de crimes ocorridos também, em outras unidades do partido no País.

A sede do PSDB, partido que também votou a favor do impedimento de Dilma, foi outra que amanheceu  com os muros pichados nesta segunda-feira (16). As pichações contêm frases como "Fora Temer" e "Partido dos golpistas". O último ataque ao partido ocorreu em 28 de abril.

Além das mensagens de raiva, também foi arremessado um tijolo contra a casa. Um vidro de uma janela foi quebrado, mas ninguém ficou ferido. Apesar de o local ter vigilância com câmeras, não foi detectada a ação de vandalismo.

Em nota, os tucanos afirmaram que o ataque foi feito "supostamente por militantes e simpatizantes da presidente afastada Dilma Rousseff (PT) em reação ao avanço do processo do impeachment, acolhido pelo Senado Federal na semana passada por 55 votos a 22".


JC On Line




←  Anterior Proxima  → Página inicial