Preços do café e do leite sobem até 18,65% em PE, diz Procon ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Preços do café e do leite sobem até 18,65% em PE, diz Procon



Itens estão entre os 12 dos 27 produtos que sofreram alta de preços. 


Segundo órgão, carne e cebola também tiveram reajuste no estado.



Cesta básica (Foto: TV Globo/Reprodução)



O tradicional café com leite deixou o orçamento do pernambucano mais apertado no último mês de julho. Com alta de 6,75% e 18,65% nos preços, respectivamente os dois produtos estão entre os 12 dos 27 itens que sofreram alta de preços em relação ao mês anterior. Os dados são referentes à pesquisa de preços feita pelo Procon-PE no mês passado, divulgada nesta sexta (19).


De acordo com o levantamento, alimentos como a carne bovina, a cebola e a carne de charque de segunda tiveram aumento ainda mais expressivo nos preços, apresentando variação de 10,01%, 15,64% e de 23,69%, respectivamente, em relação ao último mês pesquisado. Outros produtos como arroz, açúcar e alho também apresentaram variações positivas de preço, mas abaixo dos cinco pontos percentuais.


Ainda na cesta básica, os itens que apresentaram a maior queda de preços são o fubá (-18,46%), ovos brancos (-11,44%) e o frango resfriado inteiro (-9,11%). Dentre os itens do setor de alimentação, o feijão mulatinho e o óleo de soja não apresentaram mudança nos preços em relação ao mês anterior.


A análise ainda levou em conta itens de limpeza doméstica e higiene pessoal. Nesse setor, o papel higiênico lidera a alta de preços e está 11,65% mais caro do que no mês anterior. Na sequência, a lã de aço apresentou preços 3,54% mais elevados em relação ao último mês.


Feita em 66 estabelecimentos distribuídos na Região Metropolitana do Recife, Cabo de Santo Agostinho, Vitória de Santo Antão e Caruaru, a análise foi feita nos preços de 27 itens. Somando o valor total dos produtos, o custo final da cesta básica foi orçado em R$ 393,09, valor que comprometeu 44,67% do salário mínimo em julho. O percentual é o maior dos últimos três meses de pesquisa.



G1  Pernambuco


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário