Consequências do voto vendido ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Consequências do voto vendido




Resultado de imagem para nao venda seu voto

a política, a compra de votos é uma prática que existe há muito tempo, porém, não é nem nunca foi uma opção saudável para o exercício da cidadania. Na verdade, a venda só existe porque tem quem compre. Aliás, são os compradores de votos os principais incentivadores desse negócio ilegal, afinal, são comerciantes da consciência alheia. 

A troca do voto por dinheiro, promessa de emprego ou qualquer outro objeto só faz com que a nação viva dias de lástimas, sem qualidade na saúde, na educação, na segurança, e em tantas outras áreas de políticas públicas. Isso acontece porque, quem compra voto não tem interesse em cuidar das pessoas, nem do dinheiro público, e muito menos de aplicá-lo da maneira correta, como deveria, nas ações que beneficiem a coletividade.

A compra de voto é crime eleitoral, entretanto, muitas vezes fica difícil de comprová-la, pois, não todos, mas a maioria das pessoas que o vendem são as mais necessitadas - presas fáceis - e, portanto, necessitam da vantagem, motivo pelo qual não denunciam os infratores.

Imagine você se um candidato a prefeito ou vereador, em sã consciência, vai lhe pagar, por exemplo, R$ 100,00 (cem reais), ou mais, para cuidar de você por quatro anos? 

O cargo exercido pelo vereador, prefeito e vice é público, funções que, embora diferentes, tem o objetivo comum de trabalhar pelo bem da coletividade e cuidar da coisa pública, que é de todos.

A compra de votos e consequentemente, a venda, só serve para enricar, ilegalmente, ainda mais quem já tem muito dinheiro. O voto vendido gera consequências, na maioria das vezes, irreparáveis. No final, quem perde é o eleitor e toda a população. 

Pense bem antes de votar! 



Por Luciano Miranda/ Macaparana em Foco

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário