Melhores índices de educação em PE são de municípios do interior, Escola com melhor melhor nota geral entre todas fica em Orobó ~ Macaparana Hoje - Informação com agilidade!

AGORA NO BLOG...

terça-feira, 27 de setembro de 2016

Melhores índices de educação em PE são de municípios do interior, Escola com melhor melhor nota geral entre todas fica em Orobó



Resultado do Idepe foi anunciado, nesta terça-feira (27), pelo governo.
Escola com melhor melhor nota geral entre todas fica em Orobó.

Resultado de imagem para educação

Os municípios do interior do estado tiveram grande destaque no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica de Pernambuco (Idepe), divulgado nesta terça-feira (27). No ensino fundamental, as cidades que apresentaram os melhores desempenhos no 9º ano foram: Barra de Guabiraba, no Agreste, com média de 5,19, e Brejinho e Triunfo, no Sertão, quetiveram a mesma média, 4,9. Já no 5º ano, as notas mais altas foram obtidas pelos alunos das cidades de Jucati, no Agreste, com 7,02 de média; Jupi, no Agreste, com 6,57; e Tuparetama, no Sertão, com 6,08.
No ensino médio, as gerências regionais do interior também apresentaram os melhores resultados. Com uma nota de 7,98, a Escola de Referência Abílio de Souza Barbosa, de Orobó, na Mata Norte, ficou em primeiro e teve a maior nota geral. Segundo a diretora Luci Duarte, isso é fruto da colaboração dos pais e da comunidade. "Um sentimento muito forte que eu adoto na minha vida é a perseverança. O diferencial é o envolvimento, a participação coletiva, e eu não abro mão disso, é você inteirar todos, não deixar ninguém de fora", explicou.
Em seguida, vêm as escolas Dario Gomes de Lima, com 7,20, em Limoeiro, e Professor Antônio Pedro Aguiar, com 6,98, também emOrobó. Já no ensino fundamental, as unidades que alcançaram as notas mais altas foram a Escola de Aplicação do Recife -- a única localizada na Região Metropolitana --, com 7,96; Escola de Aplicação Professor Chaves, em Garanhuns, no Agreste, com 6,55; e Ivonita Alves Guerra, da mesma cidade, com 6,37.

Medido todos os anos, o Idepe avalia o desempenho das escolas públicas seguindo os mesmos critérios utilizados para o cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do governo federal. Dessa forma, a medição leva em conta a taxa de fluxo escolar, que considera o número de alunos nos anos corretos, e o nível de conhecimento dos estudantes nos ensinos fundamental e médio.
O resultado foi anunciado nesta terça-feira (27), durante cerimônia no Palácio do Campo das Princesas, no bairro de Santo Antônio, na área central do Recife. Na ocasião, o governador Paulo Câmara (PSB) entregou certificados para os gestores das instituições que obtiveram os melhores resultados.
Com base nos resultados, o poder público estadual premia os municípios, as escolas e os gestores das Gerências Regionais de Educação (GREs) que obtiveram as melhores notas nas provas. No início do mês, Pernambuco atingiu o topo do ranking nacional do ensino médio, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Anísio Teixeira (Inep), com nota 3,9.

“O Idepe é muito importante porque ele faz uma avaliação de todas as escolas, não é apenas uma amostra, como é o Ideb, e mostrou os mesmos resultados, os avanços que nós tivemos nos últimos anos. O caminho trilhado é o caminho adequado. Temos muito o que fazer, muito o que melhorar, mas sabemos que a cada ano os resultados têm sido alcançados”, ressaltou o governador Paulo Câmara.

Já o secretário estadual de Educação, Fred Amâncio, afirmou que a pasta vai trabalhar para melhorar os indicadores. “Continua demonstrando que as nossas escolas estão efetivamente avançando, alcançando, inclusive, notas muito mais altas do que nos anos anteriores. Agora é se manter firme, com um conjunto grande de investimentos”, declarou.
Governador entregou prêmios a gestores de escolas em cerimônia no Palácio do Campo das Princesas (Foto: TV Globo/Reprodução)

Ensino integral
O governador Paulo Câmara informou também que a ampliação das escolas em tempo integral vai depender da situação econômica do estado. Ainda de acordo com o gestor, Pernambuco deve ganhar 30 unidades desse tipo através de parceria com o governo federal, que anunciou, na semana passada, um investimento de R$ 1,5 bilhão para ampliar a rede de ensino integral em todo o país.

“Nós já temos 300 na nossa rede. É um avanço importante, mas, tão logo a situação financeira melhore, eu tenho o projeto de aumentar mais ainda esses colégios de tempo integral. Vai depender da situação financeira, mas ela (a escola em tempo integral) mostra resultados importantes”, reiterou.
Confira a lista completa dos premiados do Idepe 2015:

Rede Municipal

Anos Iniciais do Ensino Fundamental
1º Lugar:
Município de Jucati (7,22)

2º Lugar:
Município de Jupi (6,57)

3º Lugar:
Município de Tuparetama (6,08)

Anos Finais do Ensino Fundamental
1º Lugar:
Município de Barra de Guabiraba (5,19)

2º Lugar:
Município de Brejinho (4,90)

2º Lugar:
Município de Triunfo (4,90)
Rede Estadual

Anos Finais do Ensino Fundamental
1º Lugar:
Escola de Aplicação do Recife (7,96)

2º Lugar:
Escola de Aplicação Professor Chaves – Nazaré da Mata (6,55)

3º Lugar:
Escola de Aplicação Ivonita Alves Guerra - Garanhuns (6,37)

4º Lugar:
Escola Tomé Francisco da Silva - Quixaba (6,25)

5º Lugar:
Escola Dario Gomes de Lima - Limoeiro (5,94)

Ensino Médio
1º Lugar:
EREM Abílio de Souza Barbosa – Orobó (7,98)

2º Lugar:
Escola Dario Gomes de Lima - Limoeiro (7,20)

3º Lugar:
Escola Professor Antônio Pedro de Aguiar - Orobó (6,98)

4º Lugar:
Escola de Aplicação do Recife (6,92)

5º Lugar:
Escola de Aplicação Ivonita Alves Guerra - Garanhuns (6,22)

Gerências Regionais de Educação

1º Lugar:
Gerência Vale do Capibaribe (4,80)

2º Lugar:
Gerência Sertão do Alto Pajeú (4,51)

3º Lugar:
Gerência Sertão do Submédio São Francisco (4,43)

Fonte G1 Pernambuco

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário