AGORA NO BLOG...

sábado, 28 de janeiro de 2017

Juiz de Macaparana expede mandados contra suspeitos de ataques a bancos



 


A Polícia Civil cumpriu os mandados nas cidades de Macaparana e São Vicente Ferrer, na Zona da Mata, Santa Cruz do Capibaribe, Orobó, Taquaritinga do Norte e Jataúba no Agreste.


A Operação Sem Divisas, da Polícia Civil, cumpriu mandados contra um grupo suspeito de explosões em bancos, roubo qualificado, tentativa de latrocínio e outros crimes, nesta sexta-feira (27), em cidades da Zona da Mata e Agreste de Pernambuco e também da Paraíba.

Ao todo, foram expedidos três de condução coercitiva, 26 de busca e apreensão e 16 de prisão temporária, sendo três contra presidiários. Dez suspeitos estão sendo levados para o Depatri e três são considerados foragidos.
 Outros três homens foram presos em flagrante com armas em casa. A operação também apreendeu dinheiro, um carro e explosivos.

O grupo é suspeito de envolvimento em ações contra bancos nas cidades de Macaparana e São Vicente Ferrer, na Zona da Mata, Santa Cruz do Capibaribe, Orobó, Taquaritinga do Norte e Jataúba no Agreste.

Vereador da Paraíba foi preso na Operação Sem Divisas
As ordens foram expedidas pelo Juiz da Comarca de Macaparana, na Zona da Mata Norte, e foram cumpridas em Caruaru, Taquaritinga, Santa Cruz do Capibaribe, Orobó, Jataúba e também em Alcantil e Campina Grande, na Paraíba.

Cerca de 200 policiais civis de Pernambuco, entre delegados, agentes e escrivães participam da operação, com apoio de 45 policiais da Paraíba.

As investigações tiveram início há aproximadamente nove meses e foram efetuadas pela Delegacia de Policia de Roubos e Furtos (Depatri), sob a presidência do Delegado Paulo Berenguer, apoiada pelo Núcleo de Inteligência do Depatri e com suporte operacional do CIIDS, DINTEL e NI Agreste.

Ataque a banco em Macaparana

A última ação contra banco em Macaparana foi registrada em abril de 2016. Segundo a Polícia Militar, o grupo veio da cidade de Natuba, na Paraíba, e antes de chegar em Macaparana, onde atacaram uma agência do Banco do Brasil, passaram por São Vicente Férrer, onde efetuaram disparos contra a delegacia e duas viaturas da polícia do município. Um ônibus escolar também teria sido danificado. O objetivo do grupo era tentar impedir que os policiais se deslocassem para reforçar o efetivo em Macaparana.

Os homens também incendiaram um carro em Macaparana. Na fuga, eles espalharam grampos na rodovia que dá acesso ao município para dificultar a perseguição policial e efetuaram diversos disparos. Outras viaturas das cidades de Bom Jardim, Machados e Surubim tiveram os pneus furados. O grupo saiu em direção ao estado da Paraíba.


Fonte Timbauba Agora

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário