AGORA NO BLOG...

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Sonhando ser militar, jovem vende água para pagar estudos




A realização de um sonho nem sempre acontece de uma hora para outra. É preciso lutar pelos objetivos e agir diante das dificuldades impostas pela vida. Alimentado pelo desejo de conquistar uma carreira militar, o jovem Rafaell Henrique Fernandes Carneiro, de 19 anos, enfrentou o pesadelo do desemprego e arregaçou as mangas em busca de uma aprovação. Sem condições financeiras de arcar com os custos de um curso preparatório, o rapaz resolveu vender água mineral entre os veículos que circulam pela Avenida Caxangá, Zona Oeste do Recife. Sua honrosa atitude vem conquistando clientes e internautas que compartilharam a história de Rafaell nas redes sociais.
Morador do bairro da Várzea, também na Zona Oeste da capital pernambucana, Rafael estudou o ensino médio no Colégio Militar do Recife e sempre sonhou em ter uma carreira militar. Hoje, seu grande objetivo é ingressar na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas, interior de São Paulo. Para isso, precisa estudar em um preparatório. De acordo com o rapaz, meses atrás ele precisou interromper os estudos para cuidar da mãe, diagnosticada com um câncer. “Ano passado estudei em um cursinho, mas em julho minha mãe descobriu que tinha câncer. Tive que abdicar um pouco dos estudos e focar nela, porque, para mim, família está em primeiro lugar. Até fiz a prova, tive um resultado bom, mas não fui aprovado. Não abaixei a cabeça, fiquei ajudando minha mãe, e no final de dezembro ela fez a cirurgia e graças a Deus deu tudo bem”, relatou o jovem.
Como não conseguiu emprego e pela necessidade de obter renda, Rafaell resolveu vender água, vestido com uma camisa que expõe uma mensagem do seu objetivo. O trabalho começou no ano passado e todo dinheiro arrecadado servirá para bancar os estudos. “Tenho 19 anos e meu pai não tem a obrigação de me bancar. Apesar que sei que ele tem carinho por mim e nunca se negaria a me ajudar. Mas resolvei vender água, desde dezembro do ano passado. Sexta-feira passada uma mulher tirou minha foto e colocou no Facebook. Graças a Deus, muitas pessoas conheceram minha história e começaram a me ajudar. Muita gente veio falar comigo, ganhei a oportunidade de estudar”, contou.

No Facebook, a história de Rafaell já conta com mais de mil curtidas e inúmeros compartilhamentos. De acordo com ele, alguns cursinhos o ofereceram bolsas de estudo a distância, bem como um grupo de amigos resolveu bancar a mensalidade de um preparatório presencial, localizado no Recife. Inclusive, a matrícula desse curso já foi paga por Rafaell com o dinheiro oriundo da venda de águas, algo em torno de R$ 500. Segundo o rapaz, por semana, ele consegue faturar cerca de R$ 100.
Diretor Curso Preparatório Cidades, com sede em Brasília, Luiz Alberto Tinoco conheceu a história de Rafaell e ofereceu, de forma totalmente gratuita, um curso a distância com foco no concurso da Escola Preparatória de Cadetes. O rapaz terá aulas online de segunda à sexta-feira, das 14h às 20h30. Para Luiz Alberto, a vontade de estudar do recifense é digna de ajuda.
“Sou militar por vocação. E o meu trabalho é voltado para a educação. O negócio vem depois, porque a gente tem que pagar a nossa equipe, porque valorizo muito o professor e o aluno que quer estudar. Quando identifico que o problema do estudante é financeiro, tiro dinheiro do meu bolso, se for necessário. Ainda mais quando ele tem essa garra, com vimos na história do Rafaell. Isso nos motiva muito, nos dá alegria muito grande”, comentou o diretor.Rafaell garante que agora se dedicará totalmente aos estudos. De acordo com ele, será preciso dar uma pausa na venda de água mineral, mas ele afirma que sempre valorizará o trabalho. “O importante é você ter um trabalho honesto para alcançar seus sonhos”, finalizou o jovem. Interessados em ajudar Rafaell podem entrar em contato pelo telefone (81) 9883-4723.


Fonte Pernambuco Conectado

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário