AGORA NO BLOG...

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Mãe solteira se veste de pai para participar de evento na escola de filho


Mulher encontrou forma de estar presente no evento exclusivo para pais e relato comoveu a internet




No Facebook, a postagem já tem mais de 200 mil likes e 100 mil compartilhamentos. Foto: Facebook/Reprodução


O relato de uma mãe solteira, do Utah, nos Estados Unidos, vem comovendo a internet ao relatar os desafios de educar os filhos sozinha. No seu Facebook, Whitney Kittrell compartilhou  uma foto em que aparece vestida de homem junto do filho. 

No texto, Whitney explica que se vestiu daquela forma para poder participar de um evento exclusivo para pais, chamados "Pais e Doughnouts". "Quando meu filho, que estuda no jardim de infância, chegou em casa com um papel dizendo que haveria um dia de "Pais de Doughnuts" meu coração ficou doente", escreveu. 

Decidida a participar do evento, Whitney conta que escolheu a "melhor roupa de pai" e desenhou uma barba no rosto. Apesar de envergonhada, ela conta que a reação do filho valeu todo o esforço. "Quando eu saí da escola, ele correu, segurou no meu pescoço e sussurou 'Mãe, eu sei que você sempre vai estar por aqui e vai fazer qualquer coisa por mim. Obrigada, eu te amo', e beijou minha bochecha e correu de volta. 

No Facebook, a postagem já tem mais de 200 mil likes e 100 mil compartilhamentos. Confira o relato completo: 

"Quando eu me tornei mãe solteira, há mais de três anos, eu fiz uma promessa a mim mesma de que eu faria qualquer coisa que eu pudesse, mesmo que isso significasse sair da minha zona de conforto, para dar aos meus filhos uma vida 'normal' e com as mesmas experiências das outras crianças. Nós conquistamos muito. Viagens a sós, ensinar meu filho a brincar de pega-pega, matar insetos sem gritar, incontáveis memórias e uma vida normal. Mas quando meu filho, que estuda no jardim de infância, chegou em casa com um papel dizendo que haveria um dia de 'Pais de Doughnuts' meu coração ficou doente. Eu sentei ele numa cadeira e perguntei se ele gostaria que o pai fosse. Ele sorriu e respondeu que não. 'Eu quero que você vá. Você é minha mãe e meu pai', disse. Então essa manhã eu coloquei minha melhor roupa de pai, desenhei uma barba e fui ao café da manhã com meu filho. Eu estava com tanta vergonha, mas eu ão conseguia não sorrir quando ele me apresentou aos amiguinhos dizendo 'Essa aqui é minha mãe, ela é também é meu pai por isso eu a trouxe'. Eu tentei o meu melhor para eles entenderem que eles eram amados, mas eu me pergunto se eu estou sendo bem sucedida. Quando eu saí da escola, ele correu, segurou no meu pescoço e sussurou 'Mãe, eu sei que você sempre vai estar por aqui e vai fazer qualquer coisa por mim. Obrigada, eu te amo', e beijou minha bochecha e correu de volta. Eu espero que ele lembre desse dia porque eu nunca vou esquecer das suas palavras doces".

Fonte Diario de Pernambuco


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário