AGORA NO BLOG...

segunda-feira, 3 de abril de 2017

Após chuvas de mais de 100 mm, açude sangra no Cariri da PB


Fortes chuvas foram registradas no sábado. Volume se juntou às águas da transposição e segue para Boqueirão.  




Guga Leite/Divulgação


Após fortes chuvas registradas no sábado (1º), o Açude São José, localizado na cidade de Monteiro, Cariri paraibano, sangrou. De acordo com o presidente da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa), o volume que está sendo liberado do reservatório já passou do Açude de Poções, se juntando às águas da transposição do Rio São Franciso e seguindo em direação ao Açude de Boqueirão, que abastece a região de Campina Grande.
De acordo com a Aesa, as chuvas que cairam em Monteiro chegaram a 109 milímetros. O Açude São José tem uma capacidade para 1.311.540 m³.

“Eu já havia dito que a natureza estava ajudando. março e abril é período de chuva. O prejuízo que a gente teve por um lado, a natureza está dando de graça”, disse João Fernandes, fazendo referência a um problema em uma das duas bombas da estação elevatória de água EBV-6, no eixo leste da transposição.
O presidente explicou, no entanto, que as bombas já estão funcionando integralmente desde o sábado (1º). Com isso, a estação dobrou a capacidade de bombeamento, alcançado agora 9 metros cúbicos por segundo.
A previsão da própria Aesa é de que as águas da transposição cheguem em Boqueirão até o dia 22 de abril. João Fernandes admite que a partir dessa melhoria de cenário essa chegada pode ser acelerada. Apesar disso o presidente afirma que prefere trabalhar com a estimativa preestabelecida.

Fonte Jornal da Paraiba


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário