AGORA NO BLOG...

terça-feira, 18 de abril de 2017

Escolas municipais de Jaboatão adotam reconhecimento facial para controlar frequência de alunos




Implantação do sistema teve início nesta terça-feira (18), em unidade de Vila Sotave. Na primeira etapa, dos 139 colégios, cinco contarão com equipamentos.

Estudantes de cinco escolas de Jaboatão já contam com o reconhecimento facial (Foto: Ascom/ Prefeitura de Jaboatão)
Estudantes de cinco escolas de Jaboatão já contam com o reconhecimento facial (Foto: Ascom/ Prefeitura de Jaboatão)

Dois mil e quinhentos estudantes da rede municipal de ensino de Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, terão a frequência escolar controlada, a partir desta terça-feira (18), por reconhecimento facial. De acordo com a prefeitura, o município é o primeiro do estado a adotar esse sistema. A cidade tem 139 unidades de ensino e mais de 71 mil alunos matriculados em 2017.


O lançamento do projeto ocorreu na manhã desta terça-feira, na Escola Escola Paulo Menelau, localizada na Rua Sete de Setembro, no bairro de Vila Sotave. A unidade e mais quatro contarão com o sistema na primeira fase de implantação. Essas escolas ficam nas regionais do município, que tem cerca de 700 mil habitantes, segundo o IBGE.


Foram beneficiadas, a princípio, unidade de Vila Sotave, Candeias, Jardim Jordão ,Vila dois Carneiros e Engenho Velho. A prefeitura da cidade não estabeleceu um prazo para a expansão do novo sistema para as demais escolas da rede.
"Dependendo dos recursos, ampliaremos o sistema para toda a rede ainda este ano. O projeto prevê que todas as unidades contem com essa ferramenta até 2018", afirmou a secretária de Educação de Jaboatão, Ivaneide Dantas.

Alunos terão atividades controladas pelo sistema informatizado (Foto: Ascom/ Prefeitura de Jaboatão)

Para implantar o sistema, a prefeitura gastou R$ 3 mil por cada unidade de ensino. "Esse investimento vale a pena por causa dos benefícios. Poderemos controlar não só a frequência, mas a merenda, o patrimônio e acompanhar toda a movimentação do aluno. Se ele fez as atividades ou não e, assim, melhorar o aprendizado", observou Ivaneide Dantas.

Com a implantação do sistema, cada estudante será cadastrado. O processo prevê a inclusão de foto e número de telefone celular dos pais ou responsáveis. Assim que o aluno entrar na unidade, deverá se aproximar do equipamento. O rosto será reconhecido por sensores tridimensionais e, com isso, a presença vai ser automaticamente registrada.


Após tolerância de meia hora, caso o estudante não compareça, o sistema, automaticamente, enviará um alerta aos pais ou responsáveis. Eles recebrão mensagem de texto, via SMS. "Eles também poderão receber todas as informações do aluno por e-mail. Os pais terão um diário eletrônico de cada estudante", acrescentou Ivaneide.


A Secretaria de Educação de Jaboatão ressalta que, com o novo sistema, os professores ganharão mais tempo para ensinar, uma vez que não precisarão fazer a chamada oral. Os gestores destacam que, em média, o processo convencional de checagem de presença consome 15 minutos do tempo de aula.
"Teremos uma ferramenta importante para melhorar os índices de evasão escolar. Em Jaboatão, esse índice é de 2,5%", comentou.


Fonte G1 Pernambuco


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário