AGORA NO BLOG...

sexta-feira, 7 de abril de 2017

Preço do feijão no Grande Recife sofre queda de mais de 21% em março, diz Procon-PE




Pesquisa também revelou queda no preço de produtos como alho, carne bovina e frango resfriado. Batata inglesa e ovos, por outro lado, tiveram alta.
Segundo pesquisa feijão carioquinha queda de -18,55% (Foto: Reprodução/TV TEM)

Depois de ter sido considerado o vilão da cesta básica no ano passado, o feijão mulatinho teve queda de 21,61% em seu preço, em 2017, segundo pesquisa divulgada pelo Procon-PE. De acordo com o levantamento feito pelo órgão, o quilo do produto custava R$ 7,59 em janeiro e, em março, o valor passou para R$ 5,95. Em junho do ano passado, o quilo do alimento chegou a ultrapassar os R$ 10.


Dentre os alimentos citados na pesquisa, a cebola teve a segunda queda de preço mais expressiva, de 20,06%. Custando R$ 3,49 em janeiro, o quilo do produto passou a ser comercializado por R$ 2,79 em março. Outros alimentos como alho, leite em pó, carne bovina, frango resfriado, lã de aço e absorvente higiênico também tiveram preço inferior aos valores registrados anteriormente pelo Procon-PE.


A batata inglesa, por outro lado, passou a pesar mais no bolso do consumidor devido ao aumento de 14,33% no preço, que, na prática, representa a mudança de R$ 3,49 para R$ 3,99, em relação ao valor do quilo. A dúzia de ovos brancos também teve aumento em março, passando de R$ R$ 6,89 para R$ 7,39.


Divulgada na quinta-feira (6), a pesquisa também ressalta a queda no valor da cesta básica na Região Metropolitana do Recife (RMR). Custando R$ 368,29 em janeiro, a cesta passou a ser comercializada por R$ 363,72 em março.


Em Caruaru, no Agreste, a cesta básica teve uma queda de 2,22%. No município de Vitória de Santo Antão, o aumento foi de 1,04%. A pesquisa foi realizada em 23 estabelecimentos da RMR, em 20 locais em Caruaru e em outros 12 em Vitória.



Fonte G1 Pernambuco


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário