AGORA NO BLOG...

sábado, 10 de junho de 2017

Funkeiro tira versão pornô de Asa Branca do ar após repercussão






Após a repercussão negativa em torno do remix sexualizado da música Asa branca, o músico paulista MC Yuri retirou a canção dos seus canais de veiculação. Intitulada Festa junina da putaria, a faixa lançada nesta terça-feira (6) utiliza a melodia da icônica canção de Gonzaga em um remix com elementos de funk. A letra traz versos com teor sexual como "Tu vai sentar, tu vai quicar por cima do meu peru / MC Yuri, manda pra tu / Vem novinha, senta, quica, trava, arrasta com a x*** no meu peru".    

Em entrevista ao Viver, os advogados do músico explicam que a decisão foi tomada com o objetivo de minimizar a situação, após a família de Gonzagão se declarar ofendida. "Em razão dessa repercussão toda, o que nós definimos foi a retirada da música do ar. Ele realmente já tirou do site da produtora e do seu canal no YouTube, até para diminuir o impacto e para não ficar essa questão ofensiva em relação à família de Luiz Gonzaga", explica Eder Fasanelli.   

"Nunca foi a intenção dele causar qualquer tipo de ofensa. Sabemos que o funk proibidão é uma música 'diferente' e entendemos que se torna uma questão complicada, em relação ao desconforto causado, por conta do linguajar", continuou o advogado, afirmando que estão tentando entrar em contato com os familiares do músico para esclarecer a situação.    

Nesta quinta (8), a filha de Luiz, Rosinha Gonzaga, pediu respeito à obra: "Asa branca, afinal, é um hino nacional". A Editora Moleque, responsável por administrar os direitos autorais e uso de imagem do músico pernambucano, declarou estar estudando uma maneira para mover um processo judicial contra o MC.   

Natural de São José do Rio Preto, no interior de São Paulo, Yuri tem 19 anos, canta desde os 12 e já lançou as faixas Dichava no grau e Os muleke de ouro preto. De acordo com seu empresário, a intenção de Festa junina da putaria nunca foi ofender o público pernambucano. "A música não foi feita com o intuito de ofender o estado de Pernambuco, foi criada para ser uma forma irreverente de fazer uma música e a liberdade de expressão está aí. A gente não achava que ia dar esse problema, tanto que as únicas críticas vieram dos pernambucanos, porque o resto do público do MC Yuri gostou", defendeu. 



Fonte Motiva Gente


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário