AGORA NO BLOG...

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

PE oferece mil bolsas no ensino superior para alunos da rede estadual com melhores notas no Enem e SSA




A lei que cria o Programa PE no Campus foi sancionada pelo governador Paulo Câmara nesta sexta-feira (22). Alunos contemplados receberão bolsas mensais no valor de até R$ 950.

Governador Paulo Câmara sancionou a lei que cria o projeto PE no Campus nesta sexta-feria (22) (Foto: Governo do Estado/Divulgação)
Governador Paulo Câmara sancionou a lei que cria o projeto PE no Campus nesta sexta-feria (22) (Foto: Governo do Estado/Divulgação)

governo de Pernambuco sancionou, nesta sexta-feira (22), a lei que cria o Programa de Acesso ao Ensino Superior em Pernambuco (PE no Campus). O projeto busca incentivar os estudantes da rede estadual de ensino a ingressarem em universidades públicas através da oferta de mil bolsas de estudo no valor de até R$ 950 para quem obtiver as melhores notas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e no Sistema Seriado de Avaliação (SSA) da Universidade de Pernambuco (UPE). O projeto foi anunciado pelo governador em outubro deste ano.

O programa tem o objetivo de mobilizar os estudantes a participarem dos vestibulares para universidades públicas no estado, além de fornecer apoio financeiro aos alunos de baixa renda da rede estadual de ensino que forem aprovadas nessas instituições. Com isso, busca-se evitar o abandono do ensino superior durante a graduação.

O valor da bolsa para os alunos que se destacarem no Enem e no SSA é de R$ 950 mensais, durante o primeiro ano da graduação escolhida, e de R$ 400 por mês, durante o segundo ano do curso. O benefício serve como incentivo nos primeiros anos da graduação, para auxiliar nas despesas do curso e de moradia, alimentação e transporte.



Para ter direito ao benefício, o aluno precisa ter cursado todo o ensino médio na rede estadual de ensino e ter concluído há, no máximo, cinco anos. Também é necessário fazer parte de uma família atendida pelo Bolsa Família ou que tenha renda menor do que dois salários mínimos, além de morar em cidades localizadas a mais de 50 km de distância da universidade.


Alunos da rede estadual de ensino participaram de cerimônia no Palácio do Campo das Princesas, no Recife (Foto: Hélia Scheppa/SEI/Divulgação)

Os alunos que concluíram o ensino médio em 2017 já podem se candidatar às vagas. O edital com o sistema de seleção e todos os pré-requisitos será lançado no dia 12 de janeiro de 2018. A lei conta também com fortalecimento do projeto Bolsa de Incentivo Acadêmico (BIA), oferecido pela Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia de Pernambuco (Facepe).


Fonte G1 Pernambuco



←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário