AGORA NO BLOG...

sábado, 28 de abril de 2018

Pernambuco registra primeira morte de paciente com H1N1 este ano


Pernambuco registrou a primeira morte por contaminação da gripe H1N1 este ano. A vítima foi um homem de 45 anos que foi diagnosticado, no dia 16 de abril, com Síndrome Respiratória Aguda Grave. Desde então, ele estava internado no Instituto de Medicina Integral Professor Fernando Figueira (Imip), mas morreu na última terça-feira (24). 





A Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou a morte, nesta sexta-feira (27), por meio de nota. A pasta também informou que a vítima tinha comorbidade (existência de duas ou mais doenças). Isto pode ter contribuído para o agravamento do quadro de gripe. 

O Laboratório Central de Pernambuco (Lacen), após coletar amostras para realizar análises, confirmou que o paciente havia contraído a gripe H1N1. Somente neste ano, Pernambuco aplicou 368 mil doses da vacina, que garante proteção contra três tipos de vírus Influenza (H1N1, H3N2 e B).

O órgão acrescenta que, junto à unidade de saúde e ao município de origem do paciente (Recife), por meio da secretaria municipal de Saúde, investiga o caso do homem, que tinha comorbidade (doença crônica), o que pode ter contribuído para o agravamento do quadro de gripe.

A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz. No ano passado, foram vacinados 2.345.477 pernambucanos (100,6% do público total de 2.329.874).



Fonte Coisas de Pernambuco e Regiões

←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário