AGORA NO BLOG...

sexta-feira, 11 de maio de 2018

Polícia Federal faz operação em AL, SP e PE para apurar desvios em obra da BR-104




São cumpridos sete mandados de busca e apreensão. PF investiga prejuízos de cerca de R$ 10 milhões com fraudes no contrato de revitalização da rodovia.

Resultado de imagem para estrada

Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta sexta-feira (11) uma operação para apurar desvio milionário em contrato na obra de revitalização no trecho da BR-104 que passa por Alagoas. Estão sendo cumpridos sete mandados de busca e apreensão em municípios alagoanos, de Pernambuco e de São Paulo.

Quatro dos mandados são em Maceió, um em Santana do Ipanema, e outros dois nos outros estados.

As investigações apontam que durante contratação da obra houve especificações além das contratadas, gerando prejuízos de R$ 10 milhões. A PF afirma que esse valor pode chegar a R$ 26 milhões, caso outros indícios, como simulação na contratação de insumos, subcontratação irregular de partes da obra e não aplicação de multa às empresas contratadas, sejam confirmados.

Segundo a PF, o contrato foi firmado entre o Departamento Nacional de Insfraestrutura e Transporte (DNIT) e um consórcio de empresas, que revitalizaria aproximadamente 85 km da rodovia em Alagoas.
A reportagem do G1 entrou contato com o DNIT, mas foi informada de que não havia ninguém responsável para falar sobre o assunto no momento.

De acordo com a PF, o valor do contrato original, acrescido de seus reajustes e aditivos, chega a aproximadamente R$ 100 milhões, integralmente de origem federal. Não foi informado o período em que aconteceram as irregularidades.

A operação foi denominada "Catabiu”, conhecida no Nordeste, fazendo alusão aos buracos em estradas, que provocam saculejos nos transportes automotivos.
As investigações foram realizadas com o apoio da Controladoria-Geral da União (CGU).



Fonte G1 Pernambuco



←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário