AGORA NO BLOG...

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Detran-PE deve aderir ao CRLV digital em outubro


O Ministério das Cidades, por meio do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) apresentou na última segunda-feira (27) a versão digital do Certificado




CRLVe deverá está disponível para os motoristas pernambucanos até outubro  / Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil


A versão eletrônica do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVe) deverá está disponível para os motoristas pernambucanos até outubro, segundo informou o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE).


Após a criação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em versão digital, o Conselho Nacional de Trânsito (Contran), através da resolução número 720, criou o CRLVe. O Ministério das Cidades, por meio do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) apresentou na última segunda-feira (27) a versão digital do Certificado.


O sistema deve ser implementado pelos órgãos e entidades executivos de trânsito dos estados e Distrito Federal até 31 de dezembro de 2018. Ele vem para trazer mais segurança e facilidade para todos os motoristas.
O primeiro local que o certificado digital irá ser implantado será o Departamento Nacional de Trânsito do Distrito Federal (Detran/DF). A versão eletrônica poderá substituir o documento impresso, de porte obrigatório para motoristas, e ficará disponível para consulta por meio de aplicativo no celular.

Aplicativo


Para obter o CRLVe, o condutor deve ter quitado o licenciamento do veículo e o Detran de registro do automóvel deve ter aderido à tecnologia. O interessado deve baixar o aplicativo "Carteira Digital de Trânsito", disponível na App Store e no Google Play e adicionar o Certificado digital.

Quem já possui a CNH Digital, basta atualizar o aplicativo, caso a opção de atualização automática não esteja acionada no aparelho. Em seguida, a pessoa deve adicionar o CRLV Digital, informando o número do Renavam e o código de segurança impresso no Certificado de Registro de Veículo - CRV (antigo DUT). Para saber quais Detrans já aderiram à novidade, basta acessar o link.

As taxas que serão aplicadas ao serviço, vão depender de cada órgão de trânsito, assim como acontece com a CNH-e. O CRLVe só será emitido para os proprietários que pagarem todos os débitos.



Fonte JcOnLine


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário