AGORA NO BLOG...

sábado, 27 de outubro de 2018

PRF autua 10 veículos por transporte irregular de cana-de-açúcar na Zona da Mata de PE





Caminhões que transportam cana-de-açúcar foram autuados em Ribeirão, na Zona da Mata de Pernambuco — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

Polícia Rodoviária Federal entregou 45 notificações a 10 motoristas. Foram constatadas irregularidades na forma de transporte e na jornada de trabalho dos condutores
A Polícia Rodoviária Federal autuou 10 caminhões de transporte de cana-de-açúcar em Ribeirão, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, por causa de uma série de irregularidades. Segundo a PRF, foram emitidas 45 notificações para os 10 motoristas, na ação que teve o objetivo de verificar equipamentos obrigatórios e o acondicionamento adequado da carga em veículos de grande porte.

Dez caminhões que transportam cana-de-açúcar foram autuados em Ribeirão, na Zona da Mata de Pernambuco — Foto: Polícia Rodoviária Federal/Divulgação

A operação foi realizada na quarta-feira (24) e divulgada pela PRF nesta sexta-feira (26). Entre as principais irregularidades estavam o mau estado de conservação dos veículos, falta de equipamentos obrigatórios e placas sem legibilidade.

A corporação apontou, ainda, que os veículos trafegavam derramando ou arrastando a carga sobre a via. A PRF também constatou problemas no cronotacógrafo, equipamento que registra a velocidade média, o tempo de direção e o percurso da viagem.

Também houve autuações por desrespeito à Lei do Descanso do Motorista, já que, pela norma, os motoristas de veículos de carga precisam ter um descanso diário, para evitar acidentes causados pelo sono ou cansaço.



Num período de 24 horas, é necessário haver um período de, ao menos, oito horas ininterruptas de parada e, a cada 5 horas e 30 minutos, 30 minutos de descanso. Sem a comprovação do descanso nas últimas 24 horas, o motorista é autuado e o veículo fica retido por 11 horas.

De acordo com a PRF, o transporte de cana-de-açúcar precisa obedecer a uma série de requisitos para resguardar a segurança dos que utilizam a rodovia.

A carga precisa ser acondicionada em veículos de carroçaria com guardas laterais fechadas, ou com telas metálicas, além de estarem totalmente cobertas por lonas ou dispositivos similares, para evitar o derramamento sobre a via. Também podem ser utilizadas cordas para transportar o produto, de acordo com o tamanho da cana.


Fonte G1 Pernambuco


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário