AGORA NO BLOG...

segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Pernambuco é o quarto estado com mais desempregados no país


De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, são 703 mil pessoas sem emprego no estado


Resultado de imagem para desemprego



O Brasil tem 11,9% da população fora do mercado de trabalho, o índice representa 12,4 milhões de pessoas. Apenas em Pernambuco, o número de desempregados chega a 703 mil, representando aproximadamente 17% da população. O estado ocupa a quarta colocação no ranking de desempregados no país, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
O número de pessoas sem emprego formal pode ser ainda mais assustador. O índice não leva em consideração as pessoas conhecidas por desalentadas. São aquelas que, por conta da dificuldade de inserção no mercado de trabalho formal, desistiram de procurar emprego. “Essas são as pessoas que cansaram de procurar emprego. Elas vinham numa procura por uma recolocação e não conseguiram. Então elas desistiram, e esses números não estão contabilizados nos números dos desempregados”, diz Ana Karla Cantarelli, presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos.
André Luiz Dias Sobral não desistiu de procurar emprego. Mesmo com formação em marketing e técnico em enfermagem, com especialização em bloco cirúrgico, conseguir emprego não tem sido uma tarefa fácil. Desempregado há um ano e três meses, ele chega a enviar cerca de 30 currículos diariamente para as empresas. “As empresas não estão chamando. Eu mando currículo todos os dias, mas não recebo ligação. Quando recebo ligação para o cargo compatível com meu currículo, o salário não é compatível. É muito abaixo”, pontua André Luiz.
Cuidado com o currículo
Como a falta de emprego tem se mostrado alta nos últimos tempos, um fator determinante pode fazer toda a diferença na hora de se destacar num processo seletivo: a boa elaboração do currículo. Para isso, é necessário que o trabalhador esteja atento às informações contidas no documento. Informações sobre a função a ser desempenhada e um currículo com um resumo das qualificações é a palavra-chave. “Currículo é seu cartão de visita. É a porta de entrada, as pessoas só chamarão para uma entrevista se o currículo for atrativo. Então a primeira coisa é um currículo enxuto, com informações sobre o cargo que você deseja”, conclui Ana Karla Cantarelli.


Fonte Op9


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário