AGORA NO BLOG...

terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Governador diz que barragens da PB devem receber planos de segurança


Além do plano de segurança, a Barragem de Camará contará com um “plano de enchimento”, que acompanhará o volume de água do reservatório





O governador da Paraíba, João Azevêdo, revelou que onze barragens da Paraíba deverão receber planos de segurança. A informação foi divulgada pelo gestor durante o programa de rádio Fala Governador, na tarde de segunda-feira (28). Após a tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais, os outros estados brasileiros entraram em alerta quanto à situação das barragens em seus respectivos estados.

Existem hoje na Paraíba, aproximadamente 130 barragens que são monitoradas pelo governo do estado. Foi contratado e está em elaboração o plano de segurança de onze grandes barragens na Paraíba. De acordo com o governador, a Barragem de Camará também contará com um “plano de enchimento” que acompanhará o volume de água do reservatório.
O recurso de radiocomunicação, até então usado apenas na área de segurança do estado, será viabilizado também para o monitoramento das áreas. “Vai permitir que nós utilizemos esse mesmo sistema para monitorar todas as barragens do estado geridas pela Aesa. Pegaremos um investimento que era pensado exclusivamente para a segurança e utilizá-lo em outra área”, explicou o gestor.
Veja as barragens que farão parte do plano de segurança:
  1. Várzea Grande (Picuí)
  2. Santa Rosa (Brejo do Cruz)
  3. Poleiros (Barra de Santa Rosa)
  4. Filismino de Queiroz (São Vicente do Seridó)
  5. Capoeira (Santa Teresinha)
  6. Cacimba de Várzea (Cacimba de Dentro)
  7. Baião (São José de Brejo do Cruz)
  8. Bom Sucesso (Sossego)
  9. Camará (Alagoa Nova)
  10. Acauã (Itatuba)
  11. Camalaú (Camalaú)

Fonte Op9


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário