AGORA NO BLOG...

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Antônio Moraes comemora efeitos da reabertura de usinas sobre economia da Zona da Mata


As repercussões positivas da operação das usinas Pumaty e Cruangi – localizadas, respectivamente, em Joaquim Nabuco (Mata Sul) e em Timbaúba (Mata Norte) – sobre a economia das regiões canavieiras motivaram pronunciamento do deputado Antônio Moraes (PP). Sem operar até 2015, as unidades moeram 600 mil toneladas na última safra, informou o parlamentar durante a Reunião Plenária desta terça (19).

Antônio Moraes comemora efeitos da reabertura de usinas sobre economia da Zona da Mata

“A reabertura dessas usinas foi o que de mais importante aconteceu na Zona da Mata nos último anos”, disse Moraes. De acordo com ele, há estimativas de que, durante a colheita, a operação das usinas criem cinco mil postos de trabalho diretos e indiretos. “São empregos que beneficiam principalmente pessoas que não tiveram acesso à educação formal”, frisou, acrescentando que a projeção para a próxima safra é de crescimento. “Se há uma unanimidade nessas regiões, é a respeito dos benefícios econômicos da reativação do setor açucareiro. As feiras nas cidades estavam vazias, hoje estão cheias”, descreveu.
Em aparte, Henrique Queiroz Filho (PR) afirmou que o funcionamento das usinas “faz ressurgir a esperança da população em uma atividade açucareira que opera de forma sustentável”.  Doriel Barros (PT) acrescentou que torce para que a indústria da cana-de-açúcar continue a gerar empregos na zona rural e ofereça condições dignas de trabalho aos funcionários. “É preciso dizer, no entanto, que a indústria não é capaz de absorver toda a mão de obra da região. Por isso, é preciso investir na agricultura familiar”, ponderou.


Fonte Blog do Elielson


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário