AGORA NO BLOG...

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Pacientes denunciam superlotação e falta de estrutura no HCP


Com faixas e cartazes, eles pediram mais cuidados com quem precisa de tratamento contra o câncer


Resultado de imagem para hospital hcp


Pacientes do Hospital de Câncer de Pernambuco, em Santo Amaro, realizaram um ato nesta segunda-feira (04) para denunciar a falta de medicamentos e de estrutura adequada durante o tratamento. Com faixas e cartazes, eles pediram mais atenção. “No setor de quimioterapia, às vezes, não tem nem lugar para sentar de tanta gente. É um descaso”, afirmou a paciente Sandra Mota. Ela também reclama que o prédio anexo, embora com obras concluídas, não entrou em funcionamento.
Claudineide da Silva, 56 anos, precisa ir ao hospital cerca de três vezes por semana e disse não ter como custear as despesas com a passagem após ter o cartão de livre acesso cancelado. O mesmo aconteceu com Odete Maria da Silva. “Já peguei laudos com o médico e o Grande Recife não quis aceitar. É um absurdo porque a gente precisa”, contou.
Em nota, o Hospital de Câncer de Pernambuco esclareceu que o prédio encontra-se fechado devido a um incêndio e que aguarda por recursos para a reabertura do edifício. Já o Grande Recife informou que iniciou um recadastramento destes beneficiários e alguns foram indeferidos por não se enquadravam na Lei. Para ganhar o benefício, a pessoa tem que ter alguma deficiência.
Segundo o Grande Recife, o VEM Livre Acesso só é concedido a pacientes com câncer quando a doença deixa alguma sequela que cause deficiência, como a amputação de um membro ou a perda da força dos membros superiores, nos casos de câncer de mama, por exemplo.


Fonte OP9


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário