AGORA NO BLOG...

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

Prefeitura de Camaragibe suspende Carnaval no município


O comunicado informa que a suspensão se deu após a prefeitura considerar recomendações do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE)


O anúncio foi feito na página da prefeitura no Facebook, nesta quarta-feira (27) / Foto: Reprodução/ Facebook da Prefeitura Municipal de Camaragibe


O Carnaval 2019 está cancelado em Camaragibe, no Grande Recife. Em um comunicado publicado no Facebook, nesta quarta-feira (27), a prefeitura da cidade anunciou que tomou a decisão após acatar orientação do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE). No dia 19 de fevereiro, um conselheiro do TCE-PE havia expedido uma recomendação ao prefeito de Camaragibe para que não fossem pagas com verba pública despesas relativas ao festejo.





Polêmica


O prefeito Demóstenes Meira se envolveu em polêmica após convocar cargos comissionados a comparecerem no show da sua noiva, a cantora Taty Dantas, no dia 17 de fevereiro. A solicitação ocorreu em um aplicativo de mensagens por meio de áudios enviados pelo gestor.
"Quero convidar todos os cargos comissionados para agora, 12h, estar em frente ao trio onde vai cantar a minha noiva Taty Dantas. (...) Vou fazer um cordão de isolamento ao redor do trio só para os comissionados. 

Por favor, divulguem, multipliquem. A gente vai filmar e eu vou contar quantos cargos comissionados foram até o evento. Eu sei que tem gente que não gosta de Carnaval. Eu também não vivo Carnaval, mas minha noiva vai cantar, a minha futura esposa Taty Dantas, e eu quero a presença de todos os cargos comissionados. Vai lá para dar presença. Depois que ela cantar as músicas dela, tá todo mundo liberado", diz um trecho do áudio.


Em entrevista à TV Clube, o prefeito se defendeu e disse que a intenção não era convocar, mas se reunir com os amigos no show da sua noiva.

Processo de impeachment


Foi aprovado nessa terça-feira (26) o pedido de abertura do processo de impeachment contra o prefeito de Camaragibe, Demóstenes Meira (PTB). Cinco vereadores foram a favor e quatro foram contra. Nessa terça-feira (26), o vereador Toninho (PTB) anunciou que daria início ao processo de abertura após a Promotoria de Justiça de Camaragibe e o Ministério Público de Contas de Pernambuco (MPPE) abrir investigação para apurar suposto ato de improbidade administrativa do chefe do poder executivo municipal.




Fonte JcOnLine


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário