AGORA NO BLOG...

quinta-feira, 28 de março de 2019

Vaticano: mais um parecer favorável à beatificação de Frei Damião


Agora, o próximo passo para a beatificação é o parecer do papa Francisco e a comprovação de um milagre


Frei Damião morreu em 1997 / Divulgação/Arquidiocese de Olinda e Recife



Nos próximos meses, o trâmite de beatificação e canonização de Frei Damião de Bozzano deve passar por uma das etapas mais importantes do processo: o Decreto de Venerabilidade por parte do papa Francisco. Nesta semana, em Roma, uma comissão formada por bispos e cardeais analisou a documentação enviada pela Arquidiocese de Olinda e Recife (AOR) e deu parecer favorável ao processo, aberto em 2003. Em 2018, uma comissão de teólogos do Vaticano também se posicionou favoravelmente.

Depois que for dado o aval do papa para o Decreto de Venerabilidade, confirmando que o frei viveu uma vida santa, o passo seguinte para a beatificação será a comprovação de um milagre intercedido pelo frei após sua morte, em 1997. Comprovado o fato, o frade italiano passe a ser considerado beato.


Para a canonização, no entanto, o processo é um pouco mais longo. É preciso que outro milagre seja comprovado. Este, por sua vez, precisa ter sido intercedido pelo frei após tornar-se beato. Os milagres serão avaliados criteriosamente para que, finalmente, Frei Damião seja considerado santo. “Para que seja declarado um fato, um caso, como milagre é preciso que a ciência declare que aquilo que aconteceu e como aconteceu não se tem explicação. Surgindo um caso de possível milagre, nós reunimos toda a documentação. 

Por exemplo, em uma caso de problema de saúde, reunirmos os exames anteriores que comprovam que a pessoa tinha a doença e os exames posteriores comprovando que não existe mais o problema. Os laudos são submetidos a dois peritos no Brasil e quando essa documentação chega à Roma, é novamente analisada por especialistas para que seja definido se aquilo pode ser considerado ou não um milagre”, explica o postulador da causa de Frei Damião, o frei Jociel Gomes.

Frei Damião, que na verdade se chamada Pio Giannotti, nasceu em 1898, na Itália. Após dar início a sua vida religiosa, veio ao Brasil em missão no ano de 1931. Durante sua vida religiosa, peregrinou por todo o nordeste brasileiro. Evangelizando nas mais distantes cidades, ficou conhecido como o ‘andarilho de Deus’. Em 1997, faleceu no Recife aos 98 anos de idade.


Fonte JcOnLine


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário