AGORA NO BLOG...

quarta-feira, 24 de abril de 2019

Anderson Ferreira se prepara para a reeleição




Anderson Ferreira se prepara para a reeleição
Eleito em 2016 no segundo turno, o prefeito de Jaboatão dos Guararapes, Anderson Ferreira assumiu a prefeitura em janeiro de 2017 com o desafio de criar uma gestão de resultados e que pudesse melhorar a vida dos jaboatonenses que decidiram mudar no pleito municipal.
Sentado na cadeira, Anderson enfrentou uma série de desafios como a crise econômica e a escassez de recursos, apesar disso, soube fazer mais com menos, e pouco a pouco foi imprimindo um modelo de gestão que está sendo reconhecido pela população.
Uma prova inequívoca do reconhecimento do eleitorado ao trabalho desempenhado pelo prefeito Anderson Ferreira foi o resultado das eleições na cidade, quando viabilizou uma expressiva votação para o deputado federal André Ferreira e a volta do deputado estadual Manoel Ferreira. Os votos obtidos pelos seus candidatos proporcionais foram fruto do reconhecimento do eleitorado ao trabalho desempenhado pelo prefeito.
Mais do que eleger seus candidatos, Anderson Ferreira conseguiu derrotar de forma fragorosa seus adversários, sobretudo Neco, que lhe enfrentou no segundo turno, e Elias Gomes, que lhe antecedeu na prefeitura, e tentaram sem sucesso mandatos na Assembleia Legislativa de Pernambuco com votações pifias. Caminhando para o terceiro ano da sua gestão, Anderson pode se considerar consolidado tanto do ponto de vista administrativo quanto do político, e surge como favorito para alcançar a reeleição em 2020.
Olinda – O deputado federal Ossesio Silva (PRB) deverá ser candidato a prefeito de Olinda. Ossesio que já teve dois mandatos como deputado estadual, e em 2018 foi eleito deputado federal com mais de 65 mil votos, dos quais mais de 5 mil em Olinda, tendo mais votos do que figuras da política olindense, como o ex-prefeito Renildo Calheiros (PCdoB) que também foi eleito deputado federal, Ossesio também teve mais votos entre os olindenses do que André Siqueira (PATRI), Izabel Urquisa (PSC), a deputada Teresa Leitão (PT) e o deputado João Paulo (PC do B).
Audiência pública – Moradores do Agreste Meridional terão a oportunidade de debater sobre segurança pública, nesta quinta-feira (25. 04), com promotores de justiça, juízes, delegados, prefeitos e os deputados que compõem a Frente de Segurança Pública da Alepe. Será durante a audiência pública que a Frente promove a partir das 9h no Clube Intermunicipal da Canhotinho.
Vagas – Nesta quarta-feira (24), Dia Internacional do Jovem Aprendiz, a Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes irá realizar uma ação em conjunto com empresas sediadas no município, para o preenchimento de cerca de 100 vagas de jovens aprendizes. A ação acontecerá na Agência do Trabalhador de Jaboatão Centro, na Avenida Barão de Lucena, S/N, das 8h às 16h. Os interessados devem ter de 16 a 24 anos de idade e residir no Jaboatão. Nas entrevistas, os jovens devem estar munidos de RG, CPF, comprovante de residência e carteira de trabalho.
Liminar – O deputado federal Danilo Cabral (PSB) protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF) uma ação popular de mandado de segurança, com pedido de liminar, que busca garantir o acesso às informações sobre a Reforma da Previdência. Os dados foram colocados em sigilo pelo governo federal. O parlamentar já havia apresentado um requerimento de informação ao Ministério da Economia, onde solicitava os dados dos estudos atuariais, além do impacto orçamentário na redução do déficit previdenciário, com a alteração dos critérios de concessão dos beneficiários.
Fora da urna – Por unanimidade, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve a condenação do ex-presidente Lula (PT), mas reduziu a pena de prisão para 8 anos 10 meses e 20 dias. Antes, Lula estava condenado a 12 anos e 1 mês de prisão. Com isso, Lula poderá passar para o regime semi-aberto já em setembro, segundo juristas. A redução da pena contudo, não leva o ex-presidente de volta para o cenário eleitoral. A Lei da Ficha Limpa proíbe sua candidatura até o final do cumprimento da pena, ou seja, até 2026.
RÁPIDAS
Moro confirmado – Sérgio Moro, atual ministro da Justiça e Segurança Pública, ficou “bem na fita” com o julgamento do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Moro, quando juiz, tinha condenado Lula a 9 anos e 6 meses, muito próximo da pena aplicada ontem pelo STJ. Foi o TRF4, de Porto Alegre, que aumentou a pena do ex-presidente para 12 anos e 1 mês.
Destaque – Além da expressiva votação obtida em 2018, o deputado estadual Gustavo Gouveia vem conquistando significativo destaque na Assembleia Legislativa de Pernambuco ao ser o principal representante da Mata Norte, solicitando ações voltadas para a região, como a implementação de um gasoduto que irá beneficiar diversas cidades. 


Fonte Blog do Edymar Lyra



←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário