AGORA NO BLOG...

quinta-feira, 4 de abril de 2019

Os trens poderão voltar as linhas férreas de Timbaúba





A concessionária das obras da ferrovia transnordestina espera retomar suas obras neste ano de 2019, A Transnordestina Logística S.A, empresa privada responsável pela construção e operação da Ferrovia Nova Transnordestina, espera retomar as obras da ferrovia destinada a ligar os portos de Pecém, no Ceará, ao de Suape, em Pernambuco, além do cerrado do Piauí, no segundo semestre de 2019. A expectativa é apresentar até julho do próximo ano, à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), um novo detalhamento do projeto da obra, iniciada em 2006, para em agosto ou setembro do próximo ano reiniciar os trabalhos.


Reintegração de posse da Transnordestina: Algumas famílias se emocionaram, chegando a chorar ao ver o início de demolição. Timbaúba 03/04/19



Várias pessoas de cidades como Timbaúba, Caueiras e Jaboatão foram notificados sobre possíveis demolições de imóveis ou de qualquer outro bem que esteja construído dentro da área que corresponde a rede, como barracas, lanchonetes e outros.  Na cidade de Timbaúba, a reintegração de posse iniciou-se na manhã da quarta-feira (03) sendo que o primeiro imóvel a ser demolido foi o Bazar Timbaubense, ou casa de fogos, (ver foto abaixo) na Rua Henrique Dias, este por se tratar de ser um dos mais antigos dentro da área da ferrovia.


A construção da ferrovia – uma concessão feita pelo governo à iniciativa privada – estava praticamente parada desde 2017 por conta de indícios de irregularidades flagrados pelo Tribunal de Contas da União (TCU). São problemas de governança, qualidade, falta de estudos e desconhecimento de valores, o que levou ao bloqueio das aplicações de recursos federais, Os trens poderão ser de carga ou até de passageiros.





Fonte Coisas de Timbauba e Regiões


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário