AGORA NO BLOG...

sábado, 20 de julho de 2019

Bolsonaro pode sofrer impeachment por quebra de decoro e preconceito contra nordestinos



"Representarei à PGR para apurar cometimento de crime comum, neste caso crimes de ameaça, contra a honra e racismo ("paraíbas"). Irei analisar também a existência de crime de responsabilidade", disse o deputado Márcio Jerry (PCdoB). A quebra de decoro pode ter como consequência um processo de impeachment.

Resultado de imagem para bolsonaro

O deputado Márcio Jerry (PCdoB-MA) afirma que o presidente Jair Bolsonaro pode ter cometido crime de racismo e de responsabilidade, ao se referir a todos os nordestinos como "paraíbas". Jerry afirmou que pretende entrar com representação junto à Procuradoria-Geral da República. "Pres @jairbolsonaro se referiu ao nordeste de forma preconceituosa e ameaçou estados.Representarei à PGR para apurar cometimento de crime comum, neste caso crimes de ameaça, contra a honra e racismo ("paraíbas"). Irei analisar também a existência de crime de responsabilidade", escreveu ele no twitter.
Caso se confirme o crime de responsabilidade, Bolsonaro fica suscetível a um processo de impeachment, também pela quebra de decoro. Confira o tweet de Jerry e a carta dos governadores nordestinos:

Pres @jairbolsonaro se referiu ao nordeste de forma preconceituosa e ameaçou estados.
Representarei à PGR para apurar cometimento de crime comum, neste caso crimes de ameaça, contra a honra e racismo ("paraíbas"). Irei analisar também a existência de crime de responsabilidade.

701 pessoas estão falando sobre isso
Carta dos Governadores do Nordeste
19 de Julho de 2019
Nós governadores do Nordeste, em respeito à Constituição e à democracia, sempre buscamos manter produtiva relação institucional com o Governo Federal. Independentemente de normais diferenças políticas, o princípio federativo exige que os governos mantenham diálogo e convergências, a fim de que metas administrativas sejam concretizadas visando sempre melhorar a vida da população.
Recebemos com espanto e profunda indignação a declaração do presidente da República transmitindo orientações de retaliação a governos estaduais, durante encontro com a imprensa internacional. Aguardamos esclarecimentos por parte da presidência da República e reiteramos nossa defesa da Federação e da democracia.
RENAN FILHO – Governador do Estado de Alagoas
RUI COSTA – Governador do Estado da Bahia
CAMILO SANTANA – Governador do Estado do Ceará
FLÁVIO DINO – Governador do Estado do Maranhão
JOÃO AZEVÊDO – Governador do Estado da Paraíba
PAULO CÂMARA – Governador do Estado de Pernambuco
WELLINGTON DIAS – Governador do Estado do Piauí
FÁTIMA BEZERRA – Governadora do Rio Grande do Norte



Fonte Brasil 24


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário