AGORA NO BLOG...

segunda-feira, 8 de julho de 2019

Caso Jota Cândido: Diligências para apurar se houve participação do Prefeito de Carpina foi encaminhada ao TJPE, afirma Polícia


No último dia 1 de julho completou 14 anos do assassinato do vereador e radialista Jota Cândido em Carpina. O caso foi reaberto em 24 de outubro de 2016 a pedido do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) através do sub-procurador Clênio Valença Avelino de Andrade para requerer a investigação e apurar se houve participação do atual prefeito de Carpina Manuel Botafogo (PDT). Na época, o MPPE pediu que a investigação fosse realizada em um prazo de 30 dias.
Caso Jota Cândido: Diligências para apurar se houve participação do Prefeito de Carpina foi encaminhada ao TJPE, afirma Polícia


Nos últimos anos houve mudança de delegado e o último que concluiu a investigação foi Altemar Mameda Leite da delegacia de Homicídios de Goiana. Segundo nota da polícia Civil de Pernambuco, algumas diligencia foram cumpridas e em forma de relatório encaminhada ao Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE). Confira a nota da polícia Civil de Pernambuco:
“O caso está tramitando no Tribunal de Justiça de Pernambuco sob responsabilidade do Sub Procurador Geral de Justiça. Há cerca de um ano e meio, a promotoria do MPPE designou o delegado Altemar Mamede Leite, da Delegacia de Homicídios de Goiana, para realizar algumas diligências que foram cumpridas e encaminhadas em forma de relatório para o TJPE”.

Fonte Voz de Pernambuco



←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário