AGORA NO BLOG...

terça-feira, 6 de agosto de 2019

Vereador Tony Moura apresentou um voto de protesto Sobre insatisfação e a indignação dos moradores de Macaparana com relação aos serviços prestados pela COMPESA






Na manhã desta segunda-feira (05), o Vereador Tony Moura apresentou um voto de protesto e mais uma vez foi à tribuna da Câmara Municipal de Macaparana, repercutir a insatisfação e a indignação dos moradores da nossa cidade, com relação aos serviços prestados pela COMPESA. 



Moura, que tem desde o início do atual mandato direcionado esforços na tentativa de ajudar a promover melhorias no sistema de abastecimento da cidade de Macaparana, cobrando aos responsáveis pela COMPESA as providências necessárias, dentre elas a troca de tubulações danificadas, ampliação e desassoreamento da barragem do Eng° Bonito, aumento na capacidade de distribuição de água pelo sistema atual, etc. É também um dos maiores defensores da necessidade de construção de uma outra caixa de água na cidade, exclusiva para atender os moradores do Bairro Novo e dos loteamentos que surgiram ao seu redor nos últimos 25 anos, tais como: Vila Moura Cavalcanti; Novo Macapazinho e Recanto.  

"É lógico que um sistema de distribuição de água construído a cerca de 60 anos atrás numa cidade como a nossa, não consegue mais atender a demanda atual, Macaparana cresceu muito e, essa nova caixa de água ajudaria bastante." Pontuou o parlamentar que fez questão ainda de destacar que sofremos desabastecimento não por falta de água e sim por questões relacionadas a ineficiência do sistema composto ainda por canos de vazão incompatível com a nossa necessidade, uma barragem relativamente pequena e que necessita ser ampliada e por motores  desgastados pela a ação do tempo que quando se queimam sequer são imediatamente substituídos, deixando muitas vezes a cidade inteira sem água por vários dias consecutivos, como recentemente aconteceu agora, quando por 18 dias consecutivos mais da metade da cidade ficou sem água nas torneiras porque um motor usado para misturar o cloro  queimou-se e, lamentavelmente não existia outro disponível para substituí-lo imediatamente. E isso é inaceitável porque a conta de água chega todos os meses para ser paga, mesmo sem água nas torneiras e ainda achando pouco o Governo do Estado anunciou que a partir do próximo mês haverá um reajuste de mais de 6% no valor das contas. Absurdo!
←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário