AGORA NO BLOG...

sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Lava Jato manipulou impeachment de Dilma, afirma Aluysio Nunes


Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, o ex-senador Aloysio Nunes (PSDB) considera que existiu uma "manipulação política do impeachment" realizada pela força-tarefa da Lava Jato em Curitiba e pelo atual ministro da Justiça, Sergio Moro. Aloysio foi um dos defensores do afastamento da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). 

Arquivo/Agência Brasil

Segundo o ex-senador, a prova do fato seria a divulgação das mensagens trocadas entre os procuradores da operação, divulgadas pelo The Intercept em parceria com outros veículos. Aloysio foi ministro das Relações Exteriores do governo de Michel Temer (MDB). Em 2019, passou a chefiar a agência de fomento de São Paulo (Investe SP) no governo de João Doria (PSDB). Aloysio deixou o cargo após ser alvo de busca e apreensão da Operação Lava Jato, em fevereiro. 

Durante a entrevista Aloysio afirmou que depois da divulgação das conversas entre os procuradores ficou "profundamente chocado com o que aconteceu na Lava Jato". Ele ainda afirmou que a divulgação de uma ligação entre então presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula no ano de 2016 que desencadeou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de barrar a posse de Lula como chefe da Casa Civil, acabou impedindo a recomposição da base do governo e uma possível defesa contra o impeachment. "Eles manipularam o impeachment, venderam peixe podre para o Supremo Tribunal Federal. Isso é muito grave", declarou. 

Fonte Diario de Pernambuco


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário