AGORA NO BLOG...

quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Mais de 40% dos pernambucanos vivem abaixo da linha da pobreza


As pessoas que vivem abaixo da linha da pobreza têm renda mensal per capta entre R$ 145 e R$ 420




O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira (6) os números sobre como os brasileiros vivem e  de acordo com a Síntese de Indicadores Sociais (SIS), os pernambucanos que vivem abaixo da linha da pobreza representam 41,1% da população. Segundo o Instituto, essas pessoas têm renda mensal per capta entre R$ 145 e R$ 420.
A pesquisa também revelou que mais de 11,4% da população pernambucana vive em situação de extrema pobreza, que compreende pessoas que têm renda mensal inferior R$ 145.
Em 2018, o país tinha 13,5 milhões pessoas com renda mensal per capita inferior a R$ 145, ou U$S 1,9 por dia, critério adotado pelo Banco Mundial para identificar a condição de extrema pobreza. Esse número é equivalente à população de Bolívia, Bélgica, Cuba, Grécia e Portugal. Embora o percentual tenha ficado estável em relação a 2017, subiu de 5,8%, em 2012, para 6,5% em 2018, um recorde em sete anos.

Educação

Pernambuco é o terceiro estado do Brasil com mais jovens entre 15 e 17 anos fora da escola. Os números foram divulgados nesta quarta-feira (6) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o instituto, isso representa 15,4% desse recorte da população.
Em primeiro lugar vem o estado do Acre, com 17,4%, seguido por Alagoas, com 16,8%. Paraná, Maranhão, Espírito Santo e Amapá são os estados seguintes.


Fonte Portal de Prefeituras


←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário