AGORA NO BLOG...

quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Malafaia diz que é uma “imoralidade” Bolsonaro usar igrejas para criar partido político


O pastor criticou a tentativa de instrumentalizar igrejas.



Foto: Reprodução/YouTube

O líder da igreja Vitória em Cristo, ligado à Assembleia de Deus, Silas Malafaia, criticou o uso da religião para a formação do novo partido do presidente Jair Bolsonaro. Um dos principais pastores ligados ao presidente, disse que “Eu sou tremendamente contra qualquer tentativa de instrumentalizar a igreja para partidos políticos”, criticou Silas Malafaia em entrevista ao UOL.

“Os evangélicos como cidadãos, sim, podem apoiar, podem se inscrever, podem fazer parte do que eles quiserem. Mas na hora que se envolve a igreja não acho que esse é um bom caminho. Dizer “a igreja tal vai apoiar”, acho uma imoralidade um pastor, um líder evangélico dizer isso”, disse.


Malafaia, anida declarou que os evangélicos podem atuar no auxílio ao chefe do Executivo Nacional para que ele consiga as 490 mil assinaturas necessárias para a criação do partido Aliança pelo Brasil, mas sem que seja necessário a atuação das igrejas como intermediárias.


Fonte Portal de Prefeituras



←  Anterior Proxima  → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário